Se você não Compartilhar, ninguém vai saber!!!


sexta-feira, 31 de outubro de 2014

#Dilma presidente desmente Dilma candidata: O juros aumentou

Por Carlos Parrini ... 

Como todos nós sabiamos, tudo o que o PT prometeu antes das eleiçoes, eram mentiras para enganar trouxas. Mal passou tres dias e PresidentA já aumentou a taxa de juros para tentar controlar a inflação. Ué, ela não disse que a inflação estava sob controle? Não disse também que os juros não aumentariam, lembram? Pois é, a inflação está tão fora do controle que o Brasil voltou a ter a taxa de juros mais alta do planeta. E ainda criticou FHC quando este lutava para baixar a inflação de 900%.
Agora isso é pouco, esperem pelo aumento da energia e combustíveis, tarifas e outros covardementes autorizados. Você não tem carro? Não se preocupe pois o caminhão que trás sua comida estará repassando os preços para você.

Dilma na crise sendo ajudada por seu mago da economia

Que sirva de lição para que nunca mais acreditem em promessas de Partidos que tem ladrões presos e mesmo assim dirigem nossa nação. Em vez de afastá-los voces os elegeram? Espero que haja muitos ratos para dividirem com todos quando estivermos na merda e a fome aumentar. Isso porque não desejo o mal pra ninguém.

Cliquem no link e assistam uma ótima notícia.

Dilma presidente desmente Dilma candidata

Bastou vencer a eleição e Dilma Rousseff começou a fazer exatamente o que condenava durante a campanha. O discurso de que a inflação estava controlada e que aumentar juros era castigar os pobres foi esquecido pela petista.

Por veja.com - Atualizado em 

Virá tempo no brasil que todos receberão bolsa esmola. 
Melhor que em Cuba onde todos vivem de ração

Dilma presidente desmente Dilma candidata, corrupção, PT, promessa nao cumprida, charge miseria, Cuba,

A UNIÃO NÃO TEM DINHEIRO!!!!

Por WsRoccha do Blog "A VERDADE POLITICA" ... 

Pois, a união diz que está quebrada.
Apesar de sustentar que o desemprego está em 4%, cerca de 8 milhões de desempregados, creio que os 47 milhões de beneficiários do bolsa família seja considerados pelo IBGE, CAGED e união como trabalhadores.
Muitos dirão que é mentira.
Olhem os dados:



Quase 50% de nosso adorável povo é beneficiário do social, 3 vezes maior que oo número de aposentados nacionais, cerca de 16 milhões.
Afora os roubos da previdência para sustentar o SUS, sindicatos e o superavit primário, uma outra tabela desconhecida dos brasileiros chama a atenção:

Agora essa elite brasileira que concede aumentos de 6% ao povo quer um aumento de 34,5% em seus salários, que passariam de irrisórios 26,7 mil reais para 35,9 mil reais.
O aumento também é irrisório.
As verbas de gabinete irão beirar 100 mil reais, as cotas parlamentares 45 mil reais, e o auxílio moradia parcos 5 mil reais, mais ou menos a prestação de um apartamento de classe nobre financiado pelo BNH em muitas capitais brasileiras.
E para contemplar os distintos parlamentares, ainda há a tal ajuda de custo, que os contemplam com 2 salários por ano, mais o pequenino décimo terceiro.
Não há como indignar-se, realmente a união não tem reais para cumprir suas obrigações sociais.
Há dinheiro para perdoar dívidas, de outros países e financiar infra estruturas em democracias ditatoriais.
Não vou reclamar, pois faço parte do grupo CANSEI.
Cansei de votar, de eleger e como ex-funcionário da extinta Varig, cansei de esperar que o governo pobre e quebrado cumpra suas obrigações jurídicas.
Até a próxima...  

Finalmente PSDB quer auditoria no resultado da eleição presidencial

Por Carlos Parrini ... 

Com todo direito o PSDB pode pedir auditoria nas urnas eletronicas, supostamente seguras. Até porque vivemos num país democrático e Aécio Neves teve quase 50% dos votos. Se são confiáveis, deverão dar provas disso já que os resultados práticos mostraram exatmente o contrario. Todos os flagrantes foram descobertos beneficiando a candidata do PT, Dilma Housseff. Com uma pequena margem, Dilma venceu. Só precisava de 6 votos em cada urna a mais para que ela ultrapassasse Aécio. Notem que, em uma das fraudes, teve urnas que ela já começou com 400 votos na frente. 




Que houve fraude, houve. Confiram AQUI. Resta agora que especialistas oposicionistas abram a caixa preta para confirmar sua lisura ou sua fraude. O TSE não deverá fazer nada, quem não deve, não teme. Assim esperamos. Ao contrário, sua negativa confirmará o que todos nós já sabemos: Houve fraude nas Eleições 2014 e nas anteriores. 
Essa auditoria é importantíssima, para as anteriores, a atual e as próximas eleições.

TSE - Comitê para julgar o pedido do PSDB

Vejam o Babado

PSDB quer auditoria no resultado da eleição presidencial

Partido quer que TSE crie comissão para avaliar sistema utilizado no pleito

Marcela Mattos, de Brasília
Quatro dias depois das eleições, o PSDB ingressou no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quinta-feira com um pedido de auditoria sobre o resultado das eleições presidenciais. O partido, derrotado pela presidente Dilma Rousseff por uma diferença de três pontos, quer que a corte crie uma comissão especial formada por representantes indicados pelos partidos políticos para avaliar a fiscalização dos sistemas utilizados no pleito.
Na ação, o coordenador Jurídico Nacional do PSDB, o deputado federal Carlos Sampaio, ressaltou que, passadas as eleições, surgiram uma série de denúncias e desconfianças por parte da população. “Nas redes sociais, os cidadãos brasileiros vêm expressando, de forma clara e objetiva, a descrença quanto à confiabilidade da apuração dos votos e a infalibilidade da urna eletrônica, baseando-se em denúncias das mais variadas ordens, que se multiplicaram após o encerramento do processo de votação, colocando em dúvida desde o processo de votação até a totalização do resultado”, diz.
Tendo em vista “dissipar quaisquer dúvidas”, Sampaio pede uma auditoria nos sistemas de votação com base em diversos documentos, como as cópias de boletins de urnas de todas as sessões eleitorais do país e dos logs originais e completos das urnas, além de todas as ordens de serviços e registros técnicos sobre atualização e manutenção do sistema e acesso aos programas e todos os arquivos presentes nas urnas eletrônicas. O TSE ainda não se manifestou sobre o pedido.  

O Brasil é sodomasoquista? Ou é influenciado pelas esmolas?
Uma coisa é certa: Dinheiro compra tudo, até a honra.

PSDB quer auditoria no resultado da eleição presidencial, fraude urna eletronica, fraude eleiçoes 2014, charge urna eletronica, chrge corrupção, eleiçoes 2014, PSDB, orrupção, PT, TSE

quinta-feira, 30 de outubro de 2014

BOMBA! Doleiro Youssef informará as contas secretas do #PT no Exterior

Por Carlos Parrini ... 



Dessa vez Dilma e Lula não poderão dizer que não sabiam de nada. Até porque esses beneficiados da delação premiada já tinham dito que 3% desviados da Petrobrás ia para Campanha de Dilma. Mesmo que ela diga que não sabia de nada, foi candidata de que Partido? PT. Portanto sua candidatura tem de ser impugnada. Impeachment na certa pois se tornou caso de policia. Essa presidencia vai cair no colo do PMDB. Se bem que para o PT é melhor que fique com o PMDB do que com o PSDB. PMDB é aquele Partido do Renan Carlheiros, José Sarney, Roseana Sarney, Jader Barbalho e um monte de outros foras da lei. De modo que ficará tudo em casa e a roubalheira vai continuar. 
O Brasil perdeu uma grande oportunidade de expurgar os corruptos do poder. Agora tem de aceitar. Para doer menos, peçam vazelina ou melhor, peçam que incluam-na no bolsa esmolas.
Quando estiverem curtindo a trolha, não digam que não sabiam de nada. Isso serviu pros corruptos do PT, mas pra você que paga as contas, só pepinos e dos grandes.


Vejam o babado politico.

Doleiro Yousseff promete entregar à Justiça números de contas secretas do PT em paraísos fiscais

O Planalto sabia de tudo
Ricardo Noblat
Os trechos mais quentes da reportagem de VEJA deste fim de semana sobre as confissões à Justiça do doleiro Alberto Youssef, um dos cabeças do esquema de corrupção na Petrobras:
• — O Planalto sabia de tudo!
— Mas quem no Planalto? — perguntou o delegado.
— Lula e Dilma — respondeu o doleiro.
• Na semana passada ele aumentou de cerca de trinta para cinquenta o número de políticos e autoridades que se valiam da corrupção na Petrobras para financiar suas campanhas eleitorais. Aos investigadores Youssef detalhou seu papel de caixa do esquema, sua rotina de visitas aos gabinetes poderosos no Executivo e no Legislativo para tratar, em bom português, das operações de lavagem de dinheiro sujo obtido em transações tenebrosas na estatal. Cabia a ele expatriar e trazer de volta o dinheiro quando os envolvidos precisassem.
• Entre as muitas outras histórias consideradas convincentes pelos investigadores e que ajudam a determinar a alta posição do doleiro no esquema — e, consequentemente, sua relevância pa­ra a investigação —, estão lembranças de discussões telefônicas entre Lula e Paulo Roberto Costa sobre a ampliação dos “serviços”, antes prestados apenas ao PP, também em benefício do PT e do PMDB.
• “O Vaccari está enterrado”, comentou um dos interrogadores, referindo-se ao que o do­leiro já narrou sobre sua parceria com o tesoureiro nacional do PT, João Vaccari Neto. O doleiro se comprometeu a mostrar documentos que comprovam pelo menos dois pagamentos a Vaccari. O dinheiro, desviado dos cofres da Petrobras, teria sido repassado a partir de transações simuladas entre clientes do banco clandestino de Youssef e uma empresa de fachada criada por Vaccari.
• O doleiro preso disse que as provas desses e de outros pagamentos estão guardadas em um arquivo com mais de 10 000 notas fiscais que serão apresentadas por ele como evidências. Nesse tesouro do crime organizado, segundo Youssef, está a prova de uma das revelações mais extraordinárias prometidas por ele, sobre a qual já falou aos investigadores: o número das contas secretas do PT que ele operava em nome do partido em paraísos fiscais. Youssef se comprometeu a dar à PF a localização, o número e os valores das operações que teria feito por instrução da cúpula do PT.
• Youssef dirá que um integrante da ­coor­denação da campanha presidencial do PT que ele conhecia pelo nome de “Felipe” lhe telefonou para marcar um encontro pessoal e adiantou o assunto: repatriar 20 milhões de reais que seriam usados na cam­panha presidencial de Dilma Rousseff. Depois de verificar a origem do telefonema, Youssef marcou o encontro que nunca se concretizou por ele ter se tornado hóspede da Polícia Federal em Curitiba.
Alberto Youssef  (Foto: Aniele Nascimento / Agência de Notícias G/AE)Alberto Youssef (Imagem: Aniele Nascimento / Agência de Notícias G/AE)

Doleiro Youssef informará as contas sercretas do PT no Exterior, evasao de divisas. charge youssef, corrupção, PT, Petrobrás,Lula e Dilma nao sabiam de nada, fraude nas urnas, charge eleiçoes

quarta-feira, 29 de outubro de 2014

Babado! Assassina Susane Hichthofen vira gay e casa com Sequestradora na cadeia

Suzane Richthofen se casa dentro da cadeia. Com uma sequestradora 

Casal vive em cela especial desde setembro. Antes, parceira de Suzane mantinha relacionamento com Elize Matsunaga

Suzane von Richthofen
Suzane von Richthofen (Tuca Vieira/Folhapress)
Suzane Von Richtofen se casou. A nova parceira da detenta, que está há 12 anos encarcerada na penitenciária de Tremembé, no interior paulista, é Sandra Regina Gomes, condenada a 27 anos de prisão pelo sequestro de uma empresária em São Paulo. As informações foram divulgadas pelo jornal Folha de S.Paulo nesta terça-feira. 
A história de amor entre Suzane e Sandra tem nuances dignos de trama de novela. Antes do enlace entre as duas, Sandra vivia maritalmente com Elize Matsunaga, presa pela morte e esquartejamento do marido Marcos Kitano Matsunaga, em junho de 2012.
O casal se conheceu na fábrica de roupas que funciona dentro do presídio e onde Suzane ocupa um cargo de chefia. Ao perceber o interesse de Suzane por Sandra, o relacionamento com Elize acabou. O triângulo amoroso acabou por romper a amizade entre as presas. 
Desde setembro deste ano Suzane e Sandra passaram a dormir em uma cela especial destina a presas casadas. Lá, dividem o espaço com mais oito casais. Antes Suzane ocupava uma ala especial, destinada a presas evangélicas, desde 2002, quando foi presa pelo assassinato dos pais Manfred e Marísia von Richthofen, mortos a pauladas a mando de Suzane. 
Para poder dormir com seu novo amor, a ex-estudante teve de assinar um documento de reconhecimento de relacionamento afetivo, exigido para todas as presas que resolvem viver juntas.
Em Tremembé, esse papel funciona com uma certidão de casamento. Permite o convívio marital, mas também impõe regras de convivência aos casais.
Após assinatura desse compromisso, por exemplo, caso se separe, a presa não poderá voltar à cela especial – única destinada a casais –em um prazo de seis meses.
Por já ter vivido com Elize no espaço, Sandra teve que passar por uma quarentena antes de poder assumir o relacionamento com Suzane. Ela é apontada também como o principal motivo para que Suzane abrisse mão do regime semiaberto. Em agosto passado, a juíza Sueli de Oliveira Armani concedeu a chamada "progressão de regime", mas a moça abriu mão do benefício. 
Os advogados tentavam essa decisão desde final de 2008 e começo de 2009. Surpreendentemente, Suzane pediu à magistrada para adiar sua ida para o regime semiaberto e permanecer na cadeia em tempo integral.
Se aceitasse o benefício, seria transferida para outra unidade, já que a unidade feminina de Tremembé onde elas estão só tem autorização para receber presas em regime fechado.
Recentemente, Suzane abriu mão de lutar pela herança dos pais e tenta se reaproximar do irmão, Andreas.
Por outras penitenciárias onde passou Suzane também despertou paixões. Em Rio Claro, por exemplo, duas funcionárias do presídio se apaixonaram por ela. Com isso, recebeu algumas regalias ilegais, como acesso à internet. A história só foi descoberta porque as funcionárias brigaram pelo amor de Suzane.
Em Ribeirão Preto, para onde foi transferida, um promotor teria se apaixonado por Suzane e prometido lutar para tirá-la da "vida do crime". Ela não gostou da proposta e denunciou as investidas.
O promotor foi punido pelo Ministério Público por comportamento inadequado – ele nega o suposto assédio.
Pessoas que conversaram com Suzane recentemente afirmam que ela pretendia fazer uma cerimônia para celebrar o enlace no começo de novembro. Tinha escolhido até padrinhos. O plano, no entanto, foi adiado depois que ela soube que uma TV preparava uma reportagem sobre ela. Com medo de expor a relação, adiou o evento.
Quando foi presa, Suzane namorava Daniel Cravinhos de Paula e Silva. Teria sido em nome desse amor que eles arquitetaram a morte dos pais. O pai da menina não aceitaria o namoro porque Daniel não estudava nem trabalhava. Para concretizar o plano, contaram com a ajuda do irmão de Daniel, Cristian.
Todos foram condenados. Os irmãos cumprem pena no regime semiaberto. O Ministério Público acredita que ela foi a mentora do crime.


Charge lesbica, charge lebianismo, charge homosexualismo, heterofobia, homofobia, heteronormatividade, Suzane von Richthofen se casa com a ex de Elise Matsunaga na prisão

Se voce gostou, curta e compartilhe.

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...