sexta-feira, 30 de novembro de 2012

#BOMBA! PETROBRÁS VALE MENOS QUE AMBEV

Por Carlos Parrini ... 

Tudo demonstrava que a Petrobrás estava muito bem. Até vimos Lula carregando a desconhecida Dilma para uma festa numa plataforma, onde mentiu que o Brasil se tornou autossuficiente de Petróleo. Chegou a se lambuzar todo de óleo para fazer aquela papagaiada. Mas vemos que isso tudo foi engodo para eleger um poste. A realidade é bem diferente. Acompanhem os esclarecimentos e vejam os links que os acompanham. 
Vejam AQUI que a Petrobrás está importando combustíveis, tanto derivados de Petróleo como de Cana de açúcar e milho.  Como já falamos AQUI a incomPTência está acabando com a Petrobrás. AQUI vemos que ela está literalmente afundando em dívidas. Conforme dissemos AQUI  o endividamento chegou a US$ 118 Bilhões. A coisa está tão mal que até a Argentina está dando calote em nossa Petro, registrado AQUI. Prejuízos recordes já começam a aparecer AQUI. A solução encontrada dentro de sua incomPTência, mas esperteza, é vender filés mingnons no exterior e no Brasil. AQUI vemos ativos sendo vendidos a preço de banana nos EUAs. AQUI no Brasil, acabou de entregar 40% de seu poço no pré-sal para Eike Batista, pela mixaria de US$ 270 milhões (Nota: Como vocês sabem, Eike batista passou de milionário para bilionário, depois que comprou um poço do pré-sal abarrotado de Petróleo, através de José Dirceu. Detalhe que Eike jamais tinha mexido com Óleo e Gás. Mais AQUI). Se este poço estivesse sendo explorado pela Petro, ela não estaria tão endividada pois o potencial de Óleo desse poço é de US 100 bilhões. Só este!
Em consequência, vemos Eike Batista e camaradas enchendo as burras e a PETROBRÁS quase falida.
O Resultado será a PRIVATARIA daquela que já foi a menina dos olhos dos brasileiros. "O PETRÓLEO É NOSSO", lembram?
E por aí vai. Estão acabando com a Petrobrás para os camaradas comprarem-na por mixaria. Se eles chamarem essa PRIVATARIA de CONCESSÃO, não acreditem pois esta foi uma forma que o PT criou para privatizar tudo e ainda usar o BNDES para que os camaradas não paguem nada do próprio bolso.
E os resultados já começam a aparecer: A PETROBRÁS hoje vale menos que uma CERVEJARIA.

EM TEMPO: Reinaldo Azevedo acaba de dar mais esta péssima notícia:


ESCÂNDALO BILIONÁRIO NA PETROBRAS – Resta, agora, saber se, ao fim da apuração, alguém vai para a cadeia! Ou: Quem privatizou a Petrobras mesmo?


Vale a pena lerem e não sinta pena da Petrobrás. Sinta pena de você. É só clicar na manchete acima.




Vejam o que o Engenheiro e Professor OSSAMI SAKAMORI escreveu em seu BLOG

PETROBRAS VALE MENOS QUE AMBEV!


O mercado voltou a considerar que cerveja vale mais que petróleo. Esta semana, a Ambev não só voltou a ultrapassar a Petrobrás, como também superou a colombiana Ecopetrol, tornando-se assim a companhia aberta de maior valor de mercado da América Latina, avaliada em US$ 120,1 bilhões (R$ 249,9 bilhões), conforme a consultoria Economática. Fonte: Estadão.

No pregão desta terça-feira, 27, as ações da Petrobrás tiveram queda de 1,65%, baixando o valor de mercado da companhia para US$ 118,36 bilhões (R$ 246,3 bilhões). A Ecopetrol fechou o dia valendo US$ 119,5 bilhões. Fonte: Estadão

Já a Petrobrás vem se desvalorizando por conta do preços dos combustíveis que, segundo a Quantitas Asset Management, estão defasados em cerca de 25% por falta de reajustes. Na Colômbia, a Ecopetrol reajusta preços mensalmente conforme a variação no mercado internacional. Fonte: Estadão.

"Enquanto a Petrobrás vê atrasos em seus projetos futuros do pré-sal, a Ambev aproveita o crescimento de sua receita em termos reais", diz Marcel Mitsuo Kussaba, chefe da área de análise de investimentos da Quantitas. Fonte: Estadão.

Lembrando que a Ambev faz parte da ABInbev que é uma companhia de bebidas Belga-Brasileira formada em 2004 através da fusão da empresa brasileira Ambev e belga Interbrew, com sede em Bélgica, cujo principal executivo é o brasileiro Carlos Brito na condição de CEO. Fonte Wikipédia. 

Não tem muito o que comentar.  A Petrobras valia o dobro da Ambev após a capitalização da Companhia para aumentar a participação do Estado, levado ao efeito pelo presidente Lula.  A gigante Petrobras, orgulho de todos os brasileiros, construida à duras penas pelo contribuinte brasileiro, desde 1953, tornara-se uma Companhia à beira de sucateamento, em função de exercer o papel de instrumento de política monetária do governo Dilma.  

Presidente Dilma insiste em tentar controlar o mercado num ambiente de livre mercado, como se isto fosse possível. O controle do mercado só é possível por um determinado período e em ações pontuais.  Dilma controla o câmbio deixando real apreciado, controla financiamento subsidiado, Bolsa Empresário, via BNDES.  Presidente Controla o preço dos combustíveis.  E agora, ela quer controlar as tarifas de energia elétrica.  Não vê, a presidente Dilma, que numa economia de mercado, como é no Brasil e no mundo globalizado, o engessamento imposto por período longo, causa desequilíbrio estrutural e fica o país fica refém do sistema "controlado".  Como ferver a panela de pressão, sem a válvula de segurança.  Uma hora explode!

Este blogueiro toma iniciativa de chamar a atenção, já que nenhum economista de renome tem coragem de denunciar o fato, sobre a economia "engessada". Tenho convicção de que estamos "entrando" no terreno (período) perigoso, em persistindo numa economia de mercado "controlado" pelo governo. Única vantagem, momentânea, è que a economia engessada provoca "falsa" sensação de "poder" e de "bem estar".   Tudo, para manter a popularidade da Dilma, com vista às eleições de 2014.  Isto não pode perdurar!

É triste, mas é uma realidade incontestável.  

Ossami Sakamori, 68, engenheiro civil, foi professor da UFPR, filiado ao PDT.  Twitter: @sakamori12




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain