segunda-feira, 10 de setembro de 2012

#BOMBA! Brasil é o maior consumidor de CRACK do mundo.

Por Carlos Parrini ... 

Não era de se esperar coisa diferente. Se tem coisa ruim, o Brasil está sempre entre os Primeiros. Depois que o PT assumiu o poder, o narcotráfico nas fronteiras parou de ser combatido. As FARCs Colombianas, que é apoiada pelo partido dos Mensaleiros, tiveram passe livre para atravessar a fronteira com o Brasil e fugir da repressão na Colômbia. Para piorar as coisas o Governo do PT está desviando recursos nacionais através do BNDES, para construção da Rodovia Transcocaleira como carinhosamente é chamada pelos narcotraficantes (Vide detalhes AQUI).
Infelizmente, essa droga, pior que a Cocaína, não era conhecida no Brasil antes do PT assumir.

Aqui Lula feliz por ostentar uma arma letal no pescoço (Colar de folhas de COCA),
ao lado do Índio Cocaleiro, Evo Morales, Presidente da Bolívia.


Veja dados preocupantes sobre esse cancer:

Na Bolívia, suspeita-se que o financiamento do BNDES seja uma maneira de conferir contratos vantajosos a construtoras brasileiras sem fiscalização rigorosa.

Os promotores bolivianos investigam um superfaturamento de 215 milhões de dólares na transcocaleira. “Essa rodovia custou o dobro do que seria razoável e não tem licenças ambientais. Seu objetivo é expandir a fronteira agrícola dos plantadores de coca”, diz José María Bakovic, ex-presidente do extinto Serviço Nacional de Caminhos, órgão que administrava as rodovias bolivianas.

Desde que Morales foi eleito, Bakovic já foi preso duas vezes por denunciar irregularidades em obras públicas. As mães brasileiras não são as únicas que sofrem com a amizade do governo brasileiro com Morales.

As provas da ajuda de Evo Morales ao narcotráfico:

Depois da eleição de Morales, a produção de cocaína e pasta de coca na Bolívia cresceu 41%.

A quantidade de cocaína que entra no Brasil pela fronteira com a Bolívia aumentou 200% .

Morales é presidente de seis associações de cocaleiros da região do Chapare, seu reduto eleitoral.

Ele quer ampliar a área de cultivo de coca para 21 000 hectares. Para atender ao consumo tradicional, como o uso da folha em chás e cosméticos, basta um terço disso.

*Expulsou a DEA, agência antidrogas americana, que dava apoio à polícia boliviana no combate ao tráfico.

A pedido dos cocaleiros, Morales acabou com o projeto que ajudava agricultores a substituir a coca por plantações de banana, melão, café e cacau.


Vejam o Mapa da Rodovia para onde o BNDES desvia dinheiro do Brasil:



Aqui a notícia divulgada pelo Notícias TERRA:

Brasil é o maior consumidor de crack do mundo, revela estudo


O Brasil é o maior mercado mundial do crack e o segundo maior de cocaína, conforme revelou o Instituto Nacional de Pesquisa de Políticas Públicas do Álcool e Outras Drogas (Inpad) da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). Os dados do estudo - que ouviu 4,6 mil pessoas com mais de 14 anos em 149 municípios do País - foram apresentados nesta quarta-feira na capital paulista.
Os resultados do pesquisa, que tem o nome de Levantamento Nacional de Álcool e Drogas (Lenad), apontam ainda que o Brasil representa 20% do consumo mundial do crack. A cocaína fumada (crack e oxi) já foi usada pelo menos uma vez por 2,6 milhões de brasileiros, representando 1,4% dos adultos. Os adolescentes que já experimentaram esse tipo da droga foram 150 mil, o equivalente a 1%.
De acordo com o relatório, cerca de 4% da população adulta brasileira, 6 milhões de pessoas, já experimentaram cocaína alguma vez na vida. Entre os adolescentes, jovens de 14 a 18 anos, 44 mil admitiram já ter usado a droga, o equivalente a 3% desse público. Em 2011, 2,6 milhões de adultos e 244 mil adolescentes usaram cocaína.
O levantamento do Inpad revelou também que a cocaína usada via intranasal (cheirada) é a mais comum. Aproximadamente 5,6 milhões de pessoas já a experimentaram na vida e, somente no último ano, 2,3 milhões fizeram uso. Entre os adolescentes, o uso é menor, 316 mil experimentaram durante a vida e 226 mil usaram no último ano.
A pesquisa também comparou o consumo de cocaína nas regiões brasileiras em 2011. No Sudeste está concentrado o maior número de usuários, 46% deles. No Nordeste estão 27%, no Norte 10%, Centro-Oeste 10% e Sul 7%. Relatórios com resultado e metodologia estão na página do Inpad na internet.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain