quinta-feira, 30 de junho de 2016

Absurdo! Dias Toffoli manda soltar corrupto do #PT, Paulo Bernardo

Por Carlos Parrini ... 

Estamos todos perplexos. Não só os procuradores da operação Custo Brasil, mas todo o cidadão honesto, estão revoltados.
Desde garotinho eu aprendí que só existe dois crimes que ninguém consegue se livrar da cadeia: O pai não pagar a Pensão Alimentícia e o desvio do dinheiro público. A primeira é implacável com os homens e prendem todos que não pagam pensão. Já o desvio do dinheiro público que provoca milhares de mortes anualmente, está sendo abrandada por aqueles que deveriam ser rigorosos.

Media preview

E outra coisa, esse Juiz PTista que liberta um criminoso, está abrindo outro precedente que até o Quadrilheiro Lulinacio se beneficiará. Renan não será preso, Dilma, Jucá, Eduardo Cunha e Sarney também, acabando com a Lava-Jato.
Bom, como Dias Toffoli foi e é advogado do PT, José Dirceu e outros bandidos, não dá para ficarmos surpresos com esse Absurdo. O que nos deixa perplexos mais ainda é que o ladrão de galinhas continuará sendo enjaulado sem os mesmos direitos de quem rouba os cofres publicos, crime sem direito a perdão.


Vejam o babado:


Toffoli manda soltar Paulo Bernardo

O ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu nesta quarta-feira (29) pedido do ex-ministro Paulo Bernardo e revogou a prisão dele, mas recusou outra solicitação da defesa do petista para que o caso fosse encaminhado da Justiça Federal de São Paulo para a Suprema Corte.
O G1 noticia que a Justiça Federal solicitou uma manifestação do Ministério Público Federal antes de decidir sobre a expedição do mandado de soltura do ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, preso desde quinta-feira (23) na sede da Polícia Federal de São Paulo após a Operação Custo Brasil, um desdobramento da Lava Jato.

Media preview

A decisão do STF chegou para a Justiça Federal por volta de 15h45 desta quarta-feira. Segundo a assessoria da Justiça Federal, o juiz vai avaliar, se for o caso, se aplica alguma medida cautelar alternativa ao ex-ministro ao soltá-lo, como por exemplo prisão domiciliar ou uso de tornozeleira eletrônica (leia ao final da reportagem todas as medidas cautelares previstas na decisão de Toffoli).
Ministro Dias Toffoli, do Supremo Tribunal Federal (STF), atendeu nesta quarta-feira (29) pedido do ex-ministro Paulo Bernardo e revogou a prisão dele, mas recusou outra solicitação da defesa do petista para que o caso fosse encaminhado da Justiça Federal de São Paulo para a Suprema Corte.
A advogada Verônica Abdalla Sterman, que defende Paulo Bernardo, acompanha o processo de soltura do ex-ministro na sede da PF na Zona Oeste de São Paulo. Em entrevista à GloboNews, a advogada disse que Paulo Bernardo esteve em uma audiência de custódia na Justiça Federal na sexta-feira (24) e não foi interrogado pela Polícia Federal.
Media preview


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain