sábado, 31 de março de 2012

#BOMBA! Ministra Ideli Salvatti recebeu Doação de R$ 150 mil para Campanha!

Nada contra as mulheres. Até gosto da Juiza Angela Calmon do CNJ e faria sua campanha pessoalmente a Presidente da República. Mas estas que estão no governo Dilma, além de serem incompetentes, são corruptas em sua maioria. Poucas escapam. Vejam que a Presidente da Petrobrás Ana Foster, é esposa do Ingles Collin Foster, Dono da CFoster e que tem centenas de contratos com a firma da esposa. Chuta de um lado e agarra do outro. 
É difícil você ver alguma dessas mulheres governistas que não tenham sido Manchete de Jornal.
Agora esse novo escândalo da Ideli Salvatti me fez lembrar da Senadora Marta Suplicy, aquela do RELAXA e GOZA, que se escondeu no banheiro para fugir da imprensa. Ideli acabou saindo pelas portas do fundos, justamente como fazem aqueles que devem e temem, para evitar um contato direto com a Imprensa.
Está mais uma vez envolvida em mais um Grande Escândalo. Se Fosse alguém do DEM da Oposição, já estaria preso. Mas como é Governista, haverá distribuição de pizzas e ficará por isso mesmo.
Um exemplo claro é essa denuncia grave que já divulgamos aqui no Blog, conforme abaixo:
#BOMBA! Ministra Ideli Salvatti envolvida no escandalo dos Aloprados do PT

Agora nesse outro escândalo ela está envolvida na compra de lanchas inúteis de vigilância para o Ministério da Pesca, em troca recebeu uma poupuda doação para sua campanha a Governadora de SC em 2010, por coincidência, pela mesma empresa que vendeu as lanchas pro governo.

Vejam a matéria conforme divulgada por REINALDO AZEVEDO:

Perseguida por lanchas inúteis, Ideli deixa seminário pela porta dos fundos e evita imprensa

Por Thais Arbex, na VEJA Online. Volto depois:
“Um beijo no coração”, disse Ideli Salvatti nesta sexta-feira ao encerrar sua participação no seminário “Governança Metropolitana - Desafios, Tendências e Perspectivas”, antes de sair sorrateiramente pela porta dos fundos, sem falar com a imprensa. Tudo isso para não comentar as denúncias de que a empresa Intech Boating foi procurada para doar 150 000 reais ao comitê financeiro do PT de Santa Catarina depois de ser contratada para construir lanchas-patrulha de mais de 1 milhão de reais cada para o Ministério da Pesca.
De acordo com as acusações, publicadas pelo jornal O Estado de S.Paulo, o comitê financeiro do PT catarinense bancou 81% dos custos da campanha a governador em 2010. A candidata do partido era justamente Ideli, atual secretária de Relações Institucionais da Presidência da República e ex-ministra da Pesca. Pela manhã, a assessoria de comunicação da Secretaria de Relações Institucionais divulgou nota oficial afirmando que “não há qualquer ligação entre a ministra Ideli Salvatti e a empresa Intech Boating”.
Também presente no seminário, promovido na capital paulista pelo Instituto Lula e pela Fundação Perseu Abramo, Rui Falcão, presidente do PT, saiu em defesa da ministra. “Ideli não tem nada a ver com o caso, porque ela não era ministra naquela epoca”, afirmou. “Ela teve sua campanha em grande parte bancada pelo diretório estadual, o que é natural, mas não tem culpa pelas doações nem responsabilidade pelo destino desse dinheiro. Não foi ela que pediu”.
Leia a íntegra da nota divulgada pela Secretaria de Relações Institucionais:
“A respeito de reportagem publicada no jornal O Estado de S. Paulo, no dia de hoje, sob o título ‘Pesca contrata empresa e cobra doação ao PT’, a assessoria de comunicação da SRI tem a informar:
1 - A doação no valor de R$ 150 mil registrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) feita pela empresa Intech Boating foi destinada ao Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores (PT) em Santa Catarina e não à candidata Ideli Salvatti;
2 - A candidatura de Ideli Salvatti ao Governo de Santa Catarina conforme consta no site do TSE recebeu em doações R$ 3.572.376,65 e a maioria dos recursos foi repassada pelo Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores (PT). É importante ressaltar que as contas da campanha foram aprovadas pelo TSE;
3 - A competência jurídica pela prestação de contas dos recursos arrecadados pelo Comitê Financeiro do Partido dos Trabalhadores durante o pleito de 2010 e apresentada ao TRE/SC e ao TSE é de responsabilidade do presidente estadual do PT;
4 - Não há qualquer ligação entre a ministra Ideli Salvatti e a empresa Intech Boating, pois a doação questionada pelo jornal O Estado de S. Paulo não foi feita para a candidatura de Ideli Salvatti ao Governo do Estado;
5 - É preciso esclarecer ainda que o contrato firmado entre a empresa Intech Boating e o Ministério da Pesca para a aquisição de lanchas, que está sob investigação do Tribunal de Contas da União (TCU), foi assinado em 2009, ano em que Ideli Salvatti era senadora da República e não ministra da pasta”.
VolteiFaltou a agora ministra Ideli Salvatti explicar que a empresa que forneceu as lanchas inúteis, sem licitação, doou dinheiro para a campanha eleitoral do PT de Santa Catarina em 2010. E a candidata ao governo era… Ideli. Também poderia explicar o que ela fazia em uma das solenidades em que se celebrou a compra das lanchas, conforme atesta foto (ver post desta manhã).
Uma ministra das Relações Institucionais que tem de deixar um evento pela porta dos fundos para evitar a imprensa está pronta para cuidar de assuntos não-institucionais.
Por Reinaldo Azevedo



















































Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain