domingo, 28 de setembro de 2014

Finalmente Renan Calheiros é acusado de corrupção pelo Ministério Público

Por Carlos Parrini ... 

Aleluia! Agora é oficial: O Governista e Senador Renan Calheiros finalmente foi acusado pelo Ministério Público de ser corrupto e deverá sofrer as penas da lei. 

O cara além de ser corrupto, engavetou todas as CPIs e 
pedidos de cassação contra seus colegas corruptos

Mais um Petralha acusado de corrupção embora seja do PMDB. Mas como são da base alugada e da Vice-presidencia do Brasil, devem ser chamados de Petralhas também. Afinal qual o Partido que forma a coalisao do PT não foi pego com a boca na botija? Depois chamam a imprensa e a oposição que os denunciam, de PIG. Golpistas são eles. Vejam que até alguns do chefões como José Dirceu e Genoino, foram presos na Papuda. Falta os comandantes deles,
E como sabem que a maioria do povo é burro, vão a TV em horário eleitoral para mentir que tem combatido a corrupção, mas tem fechado os olhos ou dito que não sabiam de nada, quando membros da faccão criminosa, roubam. 

O povo já vinha pedindo a cabeça de Renam. De acordo com a proposta de Dilma, o ladrão só pode ser acusado depois de julgado e condenado. Enquanto isso, continua roubando e matando.

Por incrível que pareça, nessa campanha das eleicões de 2014,  Presidenta Dilma está dizendo que irá combater a corrupção ao mesmo tempo que esta propondo que o ladrão pego em flagante delito, não seja acusado antes de condenado. Se esta moda pegar, até os assassinos vão querer os mesmos direitos e continuarão soltos roubando e matando, até a justiça ter tempo para julgá-lo e condená-lo.

Será que Renam é mais uma vítima do PIG?

E assim vai. Conseguiu derrubar a Marina, comadre do Foro de São Paulo, com golpe baixo e mentiras, pontos fortes do PT. Só faltou dossiê. Agora será a vez de Aécio ser atacado para que ela consiga se eleger no primeiro turno.
Voces já pensaram se eles perderem o poder o que será descoberto de falcatruas? Por isso vão usar de golpes baixos, através de comparsas como Renam Calheiros e José Sarney e metade do presídio da Papuda.
Direi ALELUIA com letras maiúsculas, se aquele povo que ví em junho de 2013 se manifestar novamente e dizer não a tudo isso, votando contra esses canalhas que matam indiretamente, quando desviam dinheiro púbico e a Presidente diz que não sabia de nada.

Os corruptos que matam quando desviam dinheiro da saúde, 
segurança e infraesturura deveriam receber na mesma moeda

Vejam o babado:

Renan recebeu propina da Mendes Júnior, denuncia Ministério Público

Procuradores denunciam presidente do Senado por improbidade administrativa. Para eles, despesas com filha e ex-amante do peemedebista foram bancadas por lobista de empreiteira em troca de emendas ao orçamento, revela o Estadão


Geraldo Magela/Ag. Senado
Renan renunciou à presidência do Senado em 2007 sob a mesma acusação
Sete anos após renunciar à presidência do Senado para escapar da cassação, o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), volta a enfrentar problemas na Justiça com a denúncia de que teve despesas pessoais pagas pelo lobista de uma empreiteira em troca de emendas ao orçamento. O Ministério Público Federal em Brasília denunciou o senador por improbidade administrativa na 14ª Vara Federal do DF no último dia 2. Na ação, os procuradores acusam Renan de se enriquecer ilicitamente, de ter evolução patrimonial incompatível com o cargo e de forjar documentos para comprovar que tinha dinheiro para bancar despesas pagas, segundo a denúncia, pela Mendes Júnior.


As informações são do jornal O Estado de S. Paulo, que teve acesso com exclusividade à ação que pede à Justiça que Renan, a Mendes Júnior e o lobista Cláudio Gontijo sejam tratados a partir de agora como réus. A Procuradoria da República também recomenda a perda do mandato do senador em caso de condenação.
Em 2007, o peemedebista foi acusado pela jornalista Mônica Veloso, sua ex-amante, de usar dinheiro do lobista Cláudio Gontijo, da empreiteira Mendes Júnior, para pagar suas despesas com a pensão da filha e o aluguel de um imóvel. Essa foi a principal de uma série de denúncias que o parlamentar alagoano enfrentou no Conselho de Ética do Senado naquele ano. Por duas vezes, ele escapou da cassação no plenário em votação secreta.
Cabeça de gado
Para comprovar que tinha condições de arcar com os gastos sozinho, o senador apresentou notas fiscais de vendas de bois. Mas a Polícia Federal concluiu que aqueles documentos não garantiam recursos para quitar a pensão e que os papéis não comprovavam a venda de gado. Havia a suspeita de que as notas eram frias.
Por esse motivo, em janeiro do ano passado, o então procurador-geral da República, Roberto Gurgel, recomendou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que abrisse ação penal contra o senador por peculato, falsidade ideológica e uso de documento. O parecer, noticiado em primeira mão pelo Congresso em Foco, foi apresentado às vésperas da eleição que marcou a volta de Renan à presidência do Senado. Quase dois anos depois, os ministros do Supremo ainda não analisaram o pedido do ex-procurador-geral.
Intermediário
A ação por improbidade é desdobramento na esfera cível dessas investigações. Segundo os repórteres Ricardo Brito e Beatriz Bulla, o Ministério Público afirma agora que a Mendes Júnior pagou pelo menos R$ 246 mil para Mônica Veloso. O lobista e o senador confirmaram, na época, os repasses à jornalista. Mas alegaram que o dinheiro pertencia a Renan. “Não é minimamente crível que o senador tivesse preferido sacar o dinheiro, entregá-lo ao requerido Cláudio para então repassá-lo à senhora Mônica, quando poderia tê-lo feito diretamente”, afirmam os procuradores no processo.
A ação sustenta, ainda, que Renan não conseguiu comprovar de que maneira pagou uma dívida de R$ 100 mil de pensão alimentícia da filha. De acordo com a acusação, o peemedebista beneficiou a empreiteira com emenda ao orçamento nos anos de 2005 e 2006, ao sugerir o direcionamento de recursos para obras tocadas pela empresa no Porto de Maceió.
Por meio de sua assessoria, Renan informou que não vai se manifestar sobre o assunto. A Mendes Júnior também não se pronunciou. Já Cláudio Gontijo não foi localizado.
Veja a íntegra da reportagem do Estadão

Por Congresso em Foco


A amante que Renan traçava em seu Gabinete em Brasilia.
A Jornalista Monica Veloso.

Renan Calheiros recebeu propna da Mendes Junior, Ministerio Publico denuncia Renan Calheiros, charge renan calheiros, corrupçao PMDB, Corrupção PT, eleiçoes 2014, muda Brasil, #MudaBrasil, #AcordaBrasil, Acorda Brasil



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain