domingo, 17 de agosto de 2014

DICAS PARA RESPONDER AS FRAUDES DO #PT

VEJAM QUE RESPOSTAS DAR AOS TERRORISTAS DO PT


Para compreendermos o shaming, nada melhor do que um exemplo didático no vídeo abaixo. Preste atenção nos primeiros 30 segundos, mas assista o vídeo todo:

http://youtu.be/83WUqpvddq8

Reparou em como Lula se expressou em relação aos seus adversários? O uso de termos como “como tão tão cretinos, como são tão ignorantes”, anexados a uma expressão de repulsa, significaram uma comunicação poderosíssima. Ele simplesmente comunicou para a plateia que seus oponentes deviam ter vergonha do que tem feito.
Quando as mensagens são comunicadas desta forma, você está usando o shaming. Diferentemente do método de falar ao coração (de que já falei aqui), o shaming não precisa ser usado a todo momento. Use-o sempre que existir uma oportunidade e seu oponente tiver feito algo que possa ser exposto de forma vergonhosa.
Este recurso pode ser usado tanto pelo candidato e sua equipe quanto principalmente por nós, nas redes sociais e diversos outros meios.
Por exemplo, em relação ao que Lula disse em 2000 sobre o Bolsa Família, o candidato Aécio poderia dizer: “Existe gente tão mesquinha, tão estúpida do lado do PT que criticou em 2000 os programas de assistência aos mais pobres, no início do que ele chama hoje de Bolsa Família, e hoje diz que nós é que atacamos. Como podem mentir tanto? Como podem ser tão cínicos? Foi gente grande do PT que disse em 2000 que os programas de bolsa de FHC faziam as pessoas se tornarem vagabundas. Como alguém pode ser de tão baixo nível a ponto de ter falado isso?”.
***
Por exemplo, recentemente os capitães do partido tentaram rachar o PSB, dois dias após a morte de Eduardo Campos. Hoje é sábado e o luto já passou. Não há motivos para não lançar doses torrenciais de shaming sobre o PT por mais esta indignidade.
Como sempre, é claro, é preciso pressionar os líderes do PSDB e do DEM para que eles usem coisas como o shaming. Eles nos devem explicações se não fizerem isso.
***
No passado, Aécio disse que estava em campanha para “dar um basta definitivo ao PT”. Mais um motivo para exigirmos que ele use as estratégias da guerra política.
***
Em tempo, e já ampliando um pouco o assunto, embora sem sair dele, é tempo de rever este vídeo em que Ben Shapiro fala sobre os “bullies” da esquerda.
Sim, sabemos que o PSDB é um partido de esquerda moderada, mas é a esperança que a direita hoje possui (e viável, o que não ocorre com o Pastor Everaldo, ao menos neste momento) de fugir do totalitarismo bolivariano. Por isso, precisamos que o PSDB de fato entre para vencer o PT.
***
Nesta altura do campeonato, é evidente que a direita já fez danos no casco da esquerda. Tudo isso mesmo com raros de nós jogando o jogo político. Imagine se 20% de nós aprendermos o jogo. Ou seja, não desanimem.
http://lucianoayan.com/2014/08/16/guerra-politica-2014-2-shame-on-you/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain