terça-feira, 29 de julho de 2014

BOMBA! #Dilma esconde R$ 152 mil no colchão. Será que teremos confisco?

Por Carlos Parrini ... 

Nem Dilma tem coragem de guardar dinheiro no banco, está guardando no colchão. Será que teremos algum confisco por ai?
Como são ex-assaltantes de bancos, podemos esperar de tudo dos Petralhas. Eles amam Collor que foi o útimo a confiscar nosso dinheiro. Como acham que os presos petralhas que estão na Papuda são heróis, tá mais que explicado que vem mais roubo aí. O PT acaba de lançar sua fúria sobre o Banco Santander, só porque gente lá dentro não aconselha niguem a votar na Dilma. Graças a essa fúria,conseguiram que alguns funcionários fossem demitidos do Banco Espanhol. 

Dilma se sente segura dormindo em cima de colchão endinheirado


É assim que querem se reeleger de qualquer jeito.
Uma coisa boa é que Dilma está dando um bom exemplo para não perdemos dinheiro: guardar no colchão.
Mas este tipo de atitude não é coisa inédita. Lembra que os Sarneys foram pegos de surpresa com mais de R$ 1 milhão no colchão? Embora eles inspirarem o PT, Dilma segue a mesma dica hoje. E a pergunta que não quer calar: Haverá confisco?
Eu nao vou esperar para ver. Primeiro vou guardar dinheiro em casa. Em segundo, se as urnas deixarem, contribuirei para expulsar a Dilma do Poder como é desejo da maioria dos Brasileiros.


Vejam o babado:

Dilma responde por que guarda R$ 152 mil em espécie

Presidente declarou à Justiça Eleitoral manter esta quantia em espécie. Reflexo, segundo ela, dos anos de Ditadura

São Paulo – A presidente Dilma Rousseff respondeu hoje porque guarda consigo, em espécie, a quantia de R$ 152 mil, como declarou à Justiça Eleitoral para concorrer à Presidência este ano (veja os bens de cada presidenciável).

Nesta tarde, na sabatina da Folha de S Paulo, UOL, Jovem Pan e SBT, a presidente foi questionada sobre a razão para não depositar este dinheiro em alguma instituição bancária, considerando a situação democrática e estável do país, sem nenhum confisco da poupança em vista (tal como ocorrido no governo Collor).
A mandatária, que passou três anos presa durante o regime militar, apontou reflexos dos anos de militância política.
“Sete anos eu vivi fugida. São as coisas que você incorpora. Teve muito tempo na vida em que eu dormia de sapato. É muito forte a experiência que você passa em determinados momentos”, falou.
Dilma afirmou ainda que parte do dinheiro é depositada ao longo do ano e que outra parte ela acaba dando para a família.
“Já me perguntaram: porque será que eu gosto de fazer isso? Eu falei que sou desse jeito. Eu sou de outra geração, eu nunca quis o sucesso... O sucesso não era isso na minha época. O valor fundamental era transformar o Brasil. Já vivi muito sem dinheiro. Já vivi com dinheiro. Tenho esta mania com meus 150 mil reais que vocês não vão mudar”, disse aos jornalistas que a questionaram.
Entre os políticos, a opção de manter dinheiro em espécie não é exclusividade de Dilma Rousseff.
Vários candidatos em 2014, cujas declarações constam no sistema do Tribunal Superior Eleitoral, afirmam guardar consigo grandes somas de dinheiro.

Até para esconder dinheiro os Petralhas são burros. Como se não  bastasse, costumam 
esconder nas cuecas, calcinhas, malas e meias. Acham que todos nós somos burros como eles


 Dilma esconde R$ 152 mil no colchão, charge dinheiro no colchão, dinheiro na cueca, charge dinheiro na calcinha, corrupção PT, desvio do dinheiro publico

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain