domingo, 23 de março de 2014

Ministro da Saúde não explica para onde vão R$ 800 milhões do Mais Médicos

Por Carlos Parrini ... 

Realmente o Governo tem de dar muitas explicações por essas contratações obscuras. Dizem que já tem mais de 6 mil escravos comunistas Cubanos, atuando como se fossem médicos mesmo sem fazerem testes (Aqui no Brasil, até lixeiro precisa fazer testes para os concursos públicos). A Presidenta Dilma disse que vão ter 13 mil, mas até agora nada mudou, a não ser esses bilhões que estamos pagando para esses supostos médicos trabalharem aqui. Mas será mesmo que tem essa quantidade toda de médicos chegando? Lá em Cuba só tem 2 faculdades que formam porcamente no máximo 200 por ano cada. Da onde aparecem tanta gente? Ou fingem que trazem mas apenas enviam o dinheiro? Os poucos que se tem notícia fugiram todos para os Estados Unidos. Os outros ninguém vê. Tanto que as pessoas continuam morrendo por falta de médicos nos hospitais, vejam?


Infelizmente o que vemos é a banalização da vida! Um jovem fisioterapeuta de apenas 25 anos morreu na porta da UPA por falta de socorro. Só havia um médico na unidade. Isto é reflexo do descaso do Governo com a saúde pública. O Estado do Rio de Janeiro foi o que menos investiu em saúde no Brasil em 2013.


E para piorar o sumiço dos médicos, é vermos o sumiço do dinheiro também. O Ministro da Saúde não soube explicar para onde vão R$ 800 milhões desse programa mais médicos. O Deputado Ronaldo Caiado até fez um gráfico, vejam:

Dados do TCU: 85% (R$ 800 milhões) do dinheiro pago pelo Programa Mais Médicos tem a destinação desconhecida


Vejam toda a matéria:

MINISTRO DA SAÚDE NÃO EXPLICA PARA ONDE VAI DINHEIRO DO PROGRAMA

Arthur Chioro Camara
O ministro da Saúde, Arthur Chioro (foto), não conseguiu responder a algumas perguntas sobre o programa Mais Médicos durante audiência pública na Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara dos Deputados. O ministro foi confrontado pelo deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO) com dados do relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) e preferiu se calar.
Caiado afirmou que o relatório mostra que o destino de R$ 1,27 bilhão (85% dos recursos repassados a OPAS para contratar médicos cubanos) é desconhecido. De acordo com o deputado, 5% dos valores totais do convênio são destinados à organização e 10% para pagamento dos profissionais. “O governo defende um ‘gato’ com a OPAS para trazer médicos cubanos em condições análogas à escravidão, mas a máscara caiu quando tivemos acesso ao contrato da médica Ramona Rodriguez”, disse.
Durante o depoimento, Chioro defendeu o regime de contratação dos médicos cubanos. “Os funcionários públicos do Estado cubano são pagos diretamente pelo governo deles. É assim em qualquer país e esta contratação, via Opas (Organização Pan-Americana da Saúde), é perfeitamente legal com base em leis aprovadas pelo Congresso Nacional”, disse.
O líder do PPS, deputado Rubens Bueno, aproveitou a presença do ministro para abordar um assunto espinhoso. Bueno perguntou se o ministro da Saúde teria conhecimento sobre denúncia de fraude em licitação veiculada na imprensa. “Só em 2013, a empresa San Marino recebeu mais de R$ 20 milhões em locação de veículos em diferentes cidades”.

Ministro da Saúde não explica para onde vão R$ 800 milhões do Mais Médicos, mais medicos, charge mais medicos, comunismo, medico cubano, Cuba, Ministro da saúde, corrupção, PT

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain