terça-feira, 14 de junho de 2016

DEMOCRACIA DE RATOS

Pois,
Vamos escrever sobre a ditadura dos imbecis, mais comumente chamada de democracia do proletariado.
Começamos pela cultura da inépcia.
A antiga União soviética sustentava seus artistas e atletas e subsidiava a vodca porque o povo precisava do circo, dos esportes e da bebida para enfrentar o frio.
Morriam por falta de atendimento publico na saúde, e os revoltosos nos diversos Gulags siberianos.
Como brasileiro adora cultura, gulag para eles deve ser um tipo de super-herói russo.
A taxa criminal nos Estados Unidos é de 5 assassinatos por cada 100000 habitantes por ano, num pais onde todo mundo tem o direito de usar armas. Outro país com uso de armas é Israel, com um índice de 1,87/100000.
Na Suíça onde todo cidadão tem uma arma em casa é de 1,0 para cada 100000.
No Brasil onde não se pode usar armas é 22 homicídios para cada 100000 habitantes.
Mesmo com atentados terroristas e de psicopatas nos Estados Unidos, a violência é menor que no Brasil, onde acontecem chacinas diariamente, nas periferias das grandes cidades.
A nossa mídia esquerdopata transforma esses episódios americanos em protestos discriminatórios.
Depois do Estupro coletivo do Rio de Janeiro, esqueceram o de Teresina. Usando o jargão popular petista tanto faz se foram 3 ou 30., transformaram apenas o estupro do Rio em cultura do estupro. Agora vejo a cultura homofóbica.
São assassinados cerca de 200 gays por ano no Brasil. Nem precisa-se investigar muito, de quase todos os crimes perto de 70% foram cometidos por outros gays.
A maioria comparada com os assassinatos de mulheres foram por dinheiro, miche, traição, ciumes, e roubo.
Os crimes de Orlando passaram a ser a cultura do gênero.
Segundo Nelson Rodrigues a maior desgraça da democracia é que ela mostra a força numérica dos idiotas, que são maiorias na humanidade.
O drama da Internet é que idiotas se autopromoveram a nobéis da literatura e filosofia, praticando ideologias imbecis.
Os integrantes petistas nos chamam todos os dias de idiotas.
Eu fico com um dito de Salinger:
- A democracia é um erro de estatística, decide-se pela maioria e a maioria é composta de imbecis.
A democracia corroída pela corrupção, vilipendiada nos princípios éticos e morais é a ditadura dos idiotas.
Onde os piores ganham cargos em detrimento dos méritos.
Intelectuais de botequim assumiram o poder porque odeiam a cultura do saber e erudita.
O grande problema da mamata é que ela agiganta o estado.
Todo estado dono de bancos e empresas é corrupto.
É o rato cuidando do queijo, fiscalizado por outro rato.
fui...



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain