terça-feira, 28 de junho de 2016

BOMBA! Artistas em pânico após PF prender 14 fraudadores da Lei Rouanet

Por Carlos Parrini ... 

Muitos achavam estranho dos artistas estarem apoiando os corruptos e principalmente por serem contra o impeachment de Dilma. Acontece que  um dos ralos da corrupçao e que irrigava os bolsos de muitos deles, é essa tal de Lei Rouanet. Vemos cantores e artistas ricos faturando milhões com projetos fajutos feitos sob medida para alimentar a ladroagem. Interessante que o PT roubou durante 13 anos e eles nunca reclamaram ou protestaram. Quando Temer ameaçou acabar com o Ministério que os apoia, viraram bichos. O mesmo acontece com outros vagabundos que vivem dentro da UNE, MST, CUT e outros movimentos fora da lei. Enquanto mamavam nas tetas, nao se importavam com nada. Agora que estão cortando as mamatas, resolveram se manifestar.
Felizmente a PF entrou no meio e está acabando com a vagabundadgem e roubalheira dentro dessas instituiçoes.
Com certeza eles não estão achando estranho essa devassa e prisão feita pela PF. Só estão em pânico pois pensavam que demoraria a chegar.



Vejam o babado:

Polícia Federal prende 14 por fraude de R$ 180 milhões na Lei Rouanet

Grupo atuou por 20 anos no Minc e desviou cerca de R$ 180 milhões.
14 pessoas foram presas, entra elas um produtor cultural.


A Polícia Federal prendeu 14 pessoas na manhã desta terça-feira (28) em São Paulo, Brasília eRio de Janeiro, durante operação que apura desvios de recursos federais em projetos culturais com benefícios de isenção fiscal previstos na Lei Rouanet.
Segundo as investigações da Operação Boca Livre, um grupo criminoso atuou por quase 20 anos no Ministério da Cultura e conseguiu aprovação de R$ 180 milhões em projetos fraudulentos. Boca Livre é uma expressão que significa festa onde se come e bebe às custas de outras pessoas.

Afbeeldingsresultaat voor charge lei rouanet

O desvio ocorria por meio de diversas fraudes, como superfaturamento, apresentação de notas fiscais relativas a serviços e produtos fictícios, projetos duplicados e contrapartidas ilícitas realizadas às incentivadoras.
Os donos da produtora Bellini Cultural e o produtor cultural Fábio Ralston estão entre os presos já levados para a sede da Polícia Federal de São Paulo, na Zona Oeste da capital paulista.
Os presos devem responder pelos crimes de organização criminosa, peculato, estelionato contra União, crime contra a ordem tributária e falsidade ideológica, cujas penas chegam a doze anos de prisão.
Agentes carregam malotes na sede da Polícia Federal em São Paulo. Quatorze pessoas foram presas em São Paulo, Brasília e Rio de Janeiro durante operação que apura desvios em projetos culturais com benefícios de isenção fiscal previstos na Lei Rouanet (Foto: Rafael Arbex/Estadão Conteúdo)Agentes carregam malotes na sede da Polícia Federal em São Paulo (Foto: Rafael Arbex/Estadão Conteúdo)
Festas particulares
A Polícia Federal concluiu que diversos projetos de teatro itinerante voltados para crianças e adolescentes carentes deixaram de ser executados, assim como livros deixaram de ser doados a escolas e bibliotecas públicas.
Os suspeitos usaram o dinheiro público para fazer shows com artistas famosos em festas privadas para grande empresas, livros institucionais e até a festa de casamento de um dos investigados na Praia de Jurerê Internacional, em Florianópolis, Santa Catarina. A festa de casamento era de Carolina Monteiro e Felipe Amorim e teve a presença de um cantor sertanejo.

Advinhe que não recebeu ajuda da lei rouanet?

Entenda como funciona a Lei Rouanet (Foto: Editoria de Arte/G1)

Afbeeldingsresultaat voor charge lei rouanet
Foto montagem compilada da internet
.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain