sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

O discurso da Anta

Por VSRocha 
Autor do Blog "A Verdade Politica"



Pois,
George Orwell, escreveu uma sátira surpreendente sobre o Leninismo, em a Revolução dos bichos.
O discurso do major, sobre a sociedade dos bichos era digno de uma constituição decente até para os humanos.

George escolheu o porco para ser herói e traidor, justamente por ser um porco, aqui abro parênteses que não tenho nada contra os porcos, ditos suínos.
Reproduzindo uma síntese do livro, proveniente do site:
http://www.coladaweb.com/resumos/a-revolucao-dos-bichos-george-orwell
Não gosto de colher louros, sem citar fontes, mas vou substituir alguns nomes e animais.

"A princípio, houve um socialismo democrático, em que todos participavam de assembleias, dando ideias e sugestões, liderados por "Caninha 51", um molusco cefalópode  bem aceito pelos comunidade em geral.
  A anta Napoleona representava o desejo da onipotência, do poder absoluto e, para conseguir seus objetivos, tudo passava a ser válido: mentiras, traições e mudanças de regras.

Tempos depois instaurava-se na Granja do torto uma verdadeira Ditadura, o regime em que não há liberdade de expressão, direito a opiniões etc. 
Na sede pelo poder e pela riqueza, Napoleona entrava em contato com os empreiteiros para com eles negociar, comprar, vender, enfim, acumular riquezas e tudo graças ao trabalho dos animais humanos geralmente da raça muar, verdadeiros escravos mal-remunerados, ajudando o "governo" a ter regalias, bens materiais e capital.
A situação fica mais crítica do que quando os racionais e inteligentes humanos verdadeiros donos do poder e da Granja do Torto, mais do que nunca, reclamavam os direitos humanos, ou seja, os humanos muares estavam sendo violados de forma cruel e tendo conseqüências gravíssimas como a morte de alguns, em crimes não solucionados, ou em filas do SUS, o desaparecimento de testemunhas, e outros e sob muita tortura da falta de segurança pública.
Com base nos fatos ocorridos podemos concluir que a história nos mostra os dois tipos de dominação existentes:
 – A dominação pela sedução: o molusco cefalópode  com seus argumentos inebriantes convenciam os muares e eles  aceitavam pacificamente as mudanças efetuadas. 
A segunda fase:
- A dominação pela força bruta: quem se rebelar contra as ordens será punido fisicamente, torturado por cães treinados em Cuba e serão levados até à morte.

Nada contra as antas, nesse resumo a única diferença entre as antas e os porcos é as probóscides.

O discurso da Anta foi leninista, chamando o povo às burras, não houve comprometimento em diminuir o inchaço publico, nem dos milhares de cargos comissionados.
Nós vamos pagar a conta, os muares não enxergam por causa de seus antolhos.
Os porcos e as antas continuarão se alimentando e enriquecendo em seus chiqueiros de luxo.
O petróleo é nosso, mas a Petrobrás é deles.
No Brasil da granja do Torto, faltam caçadores de raposas, antas e porcos.
E assim inicia-se mais um ano na granja do torto.








Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain