segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

BOMBA! Técnicos do TSE rejeitam contas de #Dilma e ela pode perder mandato

Por Carlos Parrini ... 

Mais provas que a campanha de Dilma Rousseff foi irregular. A começar pelas doações ilimitadas, seguidas pelas roubalheiras amplamente divulgadas pela imprensa e por último pela apuração ter sido feita em sala fechada sem que nenhum partido pudesse fiscalizar.


Os dados são suficientes para a cassação do registro. Isso sem contar as roubalheiras no Petrolão para beneficiar os Governistas e a própria PresidentA.
Fica-nos uma pulga atrás das oreia já que quem estão blindando a própria PresidentA é o Presidente do TSE Dias Tóffoli, ex-advogado de José Dirceu e contrário ao mensalão, mais de 50% do congresso, mais de 50% do STF e mais de 50% de babacas que votaram em bandidos para serem roubados.

Graças ao povo e a Justiça, as raposas continuarão cuidando dos galinheiros.
A Petrobras é um galinheiro que já está sendo extinto

Na visão deles, irregulares são os ignorantes saberem disso tudo e ficarem calados, deixando a PresidentA que faz parte dessa organização criminosa, levar a taça sem fazer força, apenas com a ajuda de nosso dinheiro, a complacência da justiça e a do povo.

Vejam o babado:

Técnicos do TSE querem rejeição de contas de campanha de Dilma

Redação com informações da Folha de São Paulo08 de dezembro de 2014 (segunda-feira)
Ricardo Moraes/Reuters
Dilma
Técnicos do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) se manifestaram pela rejeição das contas de campanha da presidente Dilma Rousseff, do PT e do Comitê da sigla. 
Após a análise dos dados, os técnicos concluíram que 13% das saídas de recursos e 5% das entradas foram irregulares. A íntegra do relatório será enviada a Mendes e também ao procurador-geral Eleitoral, Rodrigo Janot.
O material será enviado ao ministro Gilmar Mendes, relator do processo de prestação de contas, que poderá acatar ou não a indicação. Uma eventual rejeição das contas não impede a diplomação da presidente Dilma. Pode, no entanto, servir de base para a abertura de investigações.
Partidos e coligações, até 15 dias após a diplomação, podem enviar representações à Justiça Eleitoral. De acordo com a Lei das Eleições, se a partir da representação forem comprovadas a "captação ou gastos ilícitos de recursos, para fins eleitorais", há possibilidade de se negar o diploma ou de cassá-lo, caso o mesmo já houver sido expedido.

Ministro do TSE vê 'fortes indícios' de doações ao PT acima do limite

Estadão Conteúdo08 de dezembro de 2014 (segunda-feira)
Fellipe Sampaio /SCO/STF
Ministro Gilmar Mendes
Ministro Gilmar Mendes
O ministro Gilmar Mendes, vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), avalia a existência de "fortes indícios" de doação acima do limite legal por parte de pelo menos cinco empresas ao comitê financeiro do PT. Mendes é o relator das prestações de contas do partido e da presidente Dilma Rousseff na campanha à reeleição da petista.
Em despacho na noite de sexta-feira, 5, Mendes pede à Receita Federal com urgência dados sobre o faturamento bruto da Gerdau Aços Especiais e mais quatro empresas: Saepar Serviços e Participações, Solar.BR Participações, Ponto Veículos e Minerações Brasileiras Reunidas. Juntas, as cinco empresas doaram R$ 8,83 milhões, somando a destinação de dinheiro ao Diretório Nacional do PT com doações diretas feitas a Dilma Rousseff e ao Comitê financeiro para a Presidência da República. Entre as cinco empresas que tiveram doações contestadas, a Gerdau foi a que enviou o maior montante à candidatura da presidente Dilma, R$ 5,01 milhões, seguida pela Minerações Brasileiras Reunidas, que doou R$ 2,80 milhões. A Solar Participações doou R$ 570 mil, a Ponto Veículos, R$ 450 mil e a Saepar, R$ 250 mil.
Resolução do TSE em vigor nas eleições de 2014 prevê que as doações a candidatos sejam limitadas a 2% do faturamento bruto da empresa, levando em conta o ano-calendário anterior à eleição. No caso dessas contas, a porcentagem é calculada com base no faturamento de 2013. No início do mês, Mendes havia solicitado à Receita dados contábeis de empresas que fizeram doações à campanha de reeleição da presidente Dilma Rousseff. Após a resposta, o ministro pediu informações agora especificamente sobre as cinco empresas. "Considerando as informações contidas no ofício (...), que revelam fortes indícios de descumprimento do limite para doação, oficie-se, com máxima urgência, à Receita Federal para informar, com a brevidade possível, o faturamento bruto das empresas abaixo relacionadas", decidiu Mendes.
O advogado das contas do PT, Sávio Lobato, disse à reportagem que, mesmo que as empresas tenham excedido o limite de doações, as punições recairão sob elas, e não ao partido. "Pela legislação, quem faz doação acima do limite é que deve ser punido", justifica. A resolução do TSE prevê pagamento de multa pela empresa no valor de cinco a dez vezes a quantia extrapolada. Contudo, pode também o candidato responder por abuso do poder econômico. As empresas que ultrapassam o limite de doação ficam sujeitas também à proibição de participar de licitações públicas e de firmar contratos com o poder público por até cinco anos.
Em novembro, Mendes requisitou que as contas da presidente fossem analisadas também por técnicos do Tribunal de Contas da União (TCU), da Receita Federal e do Banco Central. A análise das contas do comitê financeiro nacional do PT e da presidente Dilma está prevista para ser levada ao plenário do TSE nesta segunda, dois dias antes do prazo máximo que o Tribunal tem para julgar as prestações de contas.

Por incrível que pareça, Tiririca votou contra os corruptos no projeto do Calote.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain