terça-feira, 1 de abril de 2014

Vejam as promessas que se tornaram os fracassos da Gestão Dilma



O ruinoso episódio da refinaria de Pasadena foi o último prego no caixão de um mito fraudulento sobre a presidente Dilma Rousseff: de que seria uma grande gestora.

Basta um olhar um pouco atento para observar que todos os setores com os quais ela lidou diretamente estão sucateados. Seja na área de petróleo, no setor elétrico, ou mesmo nas taxas de juros.

Além disso, tudo com que a presidente se comprometeu com a população não ocorreu. Confira alguns dos fracassos da gestão Dilma:

A presidente Dilma prometeu diminuir as tarifas de energia elétrica em cerca de 16%.
O que ocorreu?
A partir de 2015, as contas de luz deverão subir com mais força do que caíram. Há um aumento de 24% já represado para ser repassado às tarifas após as eleições. Parte disso (4,6%) já irá entrar nas contas de luz deste ano.

A presidente prometeu baixar as taxas de juros para menos de 6% ao ano.
O que ocorreu?
Em um primeiro momento a presidente Dilma abaixou as tarifas na marra, como não conseguiu abaixar a inflação, precisou subi-las novamente. Os juros já estão no mesmo patamar do início de seu governo. Estão em 10,75% com tendência de alta.

A presidente prometeu crescimento do PIB próximo a 6%
O que o ocorreu?
A média de crescimento do Brasil é de apenas 2%. Em 2013, entre os 10 países da América do Sul, ficamos em 9º lugar com o crescimento de 2,3% do PIB. Entre os Brics, em toda era Dilma, ficamos em último lugar.

A presidente prometeu o chamado Trem-bala para a Copa. O valor inicial era de R$ 19 bilhões a ser custeado pelas concessionárias e o valor passou para R$ 35 bilhões, tudo indica pelo contribuinte.
O que ocorreu?
O projeto está, no momento, engavetado.

A presidente prometeu controlar a inflação
O que ocorreu?
Não fosse a contenção de preços como o da energia e o da gasolina (que tem provocado a ruína do setor elétrico e da Petrobras), a inflação estaria mais elevada. Os preços livres estão em alta, 7% ao ano, os serviços sobem ainda mais, por volta 8%. Preços que o governo mantém sob seu comando aumentam em torno de 1,5%.

A presidente Dilma prometeu 6000 creches até 2014. Em abril de 2013, aumentou a meta para 8.685 creches e, em outubro de 2013. Desdisse o que disse e voltou atrás na promessa.
O que ocorreu?
Até fevereiro de 2014, 4.741 unidades haviam sido contratadas pelo PAC 2 e apenas 233 creches estavam prontas de acordo com 9° Balanço do PAC.

Como responsável pelo PAC, a então ministra Dilma prometeu a refinaria Abreu e Lima, em Pernambuco.
O que ocorreu?
A Refinaria Abreu e Lima estava prevista para custar R$ 4 bilhões, sendo que o ex-presidente venezuelano Hugo Chávez pagaria a metade. A refinaria seria inaugurada em 2009.
A refinaria agora vai custar R$ 41 bilhões (US$ 18,5 bilhões). A Abreu e Lima será a mais cara do mundo. Ainda não está pronta por ter ficado anos parada por suspeita de superfaturamento, segundo o TCU.

A presidente Dilma, seja como ministra ou presidente, já deveria ter entregue as obras da transposição do rio São Francisco, a ferrovia Norte-Sul, primeira parte da ferrovia Oeste-Leste, a ferrovia Transnordestina, a hidrovia do Araguaia, a duplicação da BR BH-Valadares, a Cuiabá-Santarém (entre tantas outras).
O que ocorreu?
Nada disso foi entregue, muitas ainda não tem nem previsão.

Fonte: Copiado de postagem no Facebook



Vencedora do Oscar das falsas promessas. Nem Lula conseguiu nada igual

m

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain