sábado, 4 de janeiro de 2014

#BOMBA Senador Crivella da Universal desvia dinheiro publico para ONG de Edir Macedo

Por Carlos Parrini ... 

A Um bom tempo tenho reparado nesses lobos devoradores que se aproveitam da fé do povo, para roubá-los. Conheço diversos casos em que o fiel teve que vender sua casa para queimar em fogueiras santas. Mas além de ludibriarem as pessoas de boa fé, também estão metidos nas ladroagens politicas do governo, tanto que os apoiam até debaixo dágua. Um dos casos mas escandalosos foi o bispo Rodrigues da Universal, vejam:

Carlos Alberto Rodrigues, ex-deputado (PL-RJ) e Bispo da Igreja Universal (co-fundador)

Conhecido na época do mensalão como Bispo Rodrigues, o ex-deputado do PL, atual PR, foi condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele teria recebido R$ 150 mil para votar em reformas de interesse do governo federal.
















Esse tem cara de Santo, mas é ladrão igual seu chefe Edir macedo que tem ensinado aos pastores a roubarem os fieis. Esse Bispo Rodrigues, além de ser um dos ladrões mensaleiros que vai para a papuda, foi um dos fundadores da Universal do Macumbeiro Edir Macedo. Em nome de Cristo estes lobos fantasiados de cordeiros vivem roubando. E o Crivella não é o menos pior. Primeiro é um político que nunca fez nada. Fica vagabundeando o dia todo. Não existe um projeto seu. A única coisa que fez foi pintar algumas casas em favelas para não dizer que não fez nada. 

Quem é mais incompetente?

Além de Membros da Universal apoiarem a corrupção e os corruptos que estão no poder, eles próprios são. Bispo Rodrigo é um. Lembra da mala com 10 milhões pega com deputado da Universal para ser entregue ao PT? E para comprovar tudo o que disse de que são uns ladrões e assassinos que desviam dinheiro publico que poderia estar salvando vidas, tem esse safado de Senador Crivella desviando dinheiro publico para uma ONG da Igreja do Pastor do diabo que de santo, só tem os irmãos lá pois o resto, só querem roubar.

Ministro da pesca não faz nada. Nem coloca a isca no peixe.

Vejam o babado:

Ministro da pesca, Marcelo Crivella é acusado de usar dinheiro público para beneficiar projeto social da Igreja Universal


Ministro da pesca, Marcelo Crivella é acusado de usar dinheiro público para beneficiar projeto social da Igreja Universal
O ministro da pesca Marcelo Crivella, que é bispo da Igreja Universal, está sendo acusado de utilizar a estrutura pública do ministério que lidera para fomentar o crescimento de uma ONG ligada a ele e à igreja da qual faz parte.
De acordo com a revista IstoÉ, a organização não governamental ligada ao ministro conta com ajuda federal para produzir tilápia na Bahia. A ONG Fazenda Nova Canaã, da Igreja Universal, nasceu da ideia de Crivella em criar no Polígono das Secas um projeto de irrigação. Ele então lançou um CD, vendeu mais de um milhão de cópias e reverteu o dinheiro para a compra de 450 hectares de terras em Irecê (BA). O projeto de irrigação fomenta a produção de frutas e hortaliças, usadas para a merenda de mais de 400 crianças que recebem aulas do currículo regular e ensino religioso oferecidas pela obra social.
De acordo com a revista, a ONG, que é considerada o principal “cartão de visitas eleitoral” do bispo da Universal, estaria agora aproveitando o crescimento do mercado da carne de tilápia na Bahia, para iniciar a criação de peixes. E para alavancar o projeto de criação de tilápias na ONG ligada a ele, o ministro estaria usando a estrutura do próprio ministério.
A reportagem dessa semana da IstoÉ explica que a Fazenda Nova Canaã conta com o apoio da Superintendência do Ministério da Pesca na Bahia e da Secretaria Estadual de Agricultura para dar tocar o projeto do criadouro de tilápias. No dia 23 de março, o ministro se reuniu com representantes da Bahia Pesca, órgão do Estado, para discutir a captação de recursos federais para a instalação de oito tanques-rede na ONG.
A ampliação do consumo de tilápia é considerada o carro-chefe da gestão de Crivella no ministério, sua meta como seria baratear a carne do peixe para competir com o frango.
O empreendimento hídrico na região, que sofre com a seca, é visto por muitos com desconfiança, e tem causado polêmica. Técnicos que atuaram no programa federal Territórios da Cidadania, em Irecê, questionam a viabilidade do projeto, visto que a cidade que abriga a fazenda de Crivella só receber água do rio por meio de adutora, e associações de pescadores e criadores das cidades banhadas pelo São Francisco temem que Irecê se torne uma potência produtora, por contar com apoio governamental, e passe a competir com elas.
Por Dan Martins, para o Gospel+
Fazenda Nova Canaã, Igreja Universal, IstoÉ, Marcelo Crivella, Ministério da Pesca, Ministro da Pesca, revista istoé, Bispo Rodrigues, charge desvio dinheiro publico, charge crivella

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain