sábado, 21 de dezembro de 2013

João Cândido, o Navio milionário brasileiro que não navega. Roubo ou Enganação?

Por Carlos Parrini ... 

Embora nesses 12 anos o Governo não tenha feito nada de Bom para o Brasil, a não ser a execução e ampliação dos projetos de FHC como Plano Real, Planos Econômicos, Bolsas assistencialistas e Privatizações. Os que o PT fez mesmo foram a falencia como o Fome Zero, Primeiro Emprego, ENEM, PACs e entre outros que só deram resultados para os corruptos. 
Mas apesar dos fracassos, Lula e Dilma tem uma equipe boa ao seu lado que é a dos Marketeiros. Publicidade foi tão boa para eles que Lula junto a Dilma, já gastaram mais de 17 Bilhões nesses setor. Quase a mesma quantia que cortaram dos investimentos da Saúde.


Mas os Merketeiros foram milagrosos e conseguiram enfeitar o pavão de tal maneira que tudo que era feio no PT, se tornou bonito. Graças a Eles que Lula conseguiu eleger Postes, carregando-os a tiracolo para inaugurações de obras tipo terrenos baldios, formigueiros e falsas promessas.
E um dos estardalhaços que fizeram e que ajudou na eleição de Dilma e Eduardo Campos do PE, foi a inauguração do primeiro Navio Brasileiro feito depois de 14 anos. Isso aconteceu em 7 de maio de 2010 como o Navio João Cândido no Porto de  Suape PE. 
Assim foi, Navio lançado ao Mar, Eduardo Campos e Dilma eleitos e o navio jamais navegou, embora tenha custado o dobro do preço de um semelhante internacional, descobriu-se que o mesmo estava todo furado e com falhas de solda. Graças a Imprensa comprada, nada disso foi mostrado e o Navio jamais saiu do lugar e deverá custar outra fortuna para ser consertado no exterior.


Assim como essa enganação enfeitada pelos Marketeiros, temos a do Trem Bala Invisível. Só a estatal que já criaram por conta não é invisível, nem os gastos com os cabides e alugueis. 
Eles também conseguiram enganar o povo com o Lula e Dilma se lameando de Petróleo dizendo que o Brasil se tornou auto suficiente. Hoje vemos que é tudo mentira pois o Brasil foi obrigado a aumentar o combustível duas vezes no ano, tem que importar combustível e pasmem: Etanol, outra mentira de Lula, também.

Foram inimigos de mentirinha. Agora querem se perpetuar no Poder.

E devem ganhar novamente pois tem a ajuda do IBOPE, Urnas Fraudáveis que nem o Paraguai quis adotar, e os Marketeiros para assessorar a Presidenta.
12 anos é pouco para quem está com tudo dominado, resta saber se o povo também tem culpa desse sucesso, além dos Marketeiros. Vencer sem nada de bom acontecer, só pode ter tramoia. 
Não esqueçam que líderes do PT estão presos na Papuda, por roubo.

Mais mentira, mas tem os que acreditam.

Vejam o Babado:

Depois do trem-bala invisível, o governo inventa o navio que não navega

JÚLIA RODRIGUES
Em 7 de maio de 2010, ao lado da sucessora que escolhera e do governador pernambucano Eduardo Campos, o presidente Lula estrelou no Porto de Suape um comício convocado para festejar muito mais que o lançamento de um navio: primeiro a ser construído no país em 14 anos, o petroleiro João Cândido fora promovido a símbolo da ressurreição da indústria naval brasileira. Produzida pelo Estaleiro Atlântico Sul (EAS), incorporada ao Programa de Modernização e Expansão de Frota da Transperto (Promef) e incluída no ranking das proezas históricas do PAC, a embarcação com 274 metros de comprimento e capacidade para carregar até um milhão de barris de petróleo havia consumido a bolada de R$ 336 milhões – o dobro do valor orçado no mercado internacional.
Destacavam-se na plateia operários enfeitados com adesivos que registravam sua participação no parto de mais uma façanha do Brasil Maravilha. Seria uma festa perfeita se o colosso batizado em homenagem ao marinheiro que liderou em 1910 a Revolta da Chibata não tivesse colidido com a pressa dos políticos e a incompetência dos técnicos. Assim que o comício terminou, o petroleiro foi recolhido ao estaleiro antes que afundasse ─ e nunca mais tentou flutuar na superfície do Atlântico.
O vistoso casco do João Cândido camuflava soldas defeituosas e tubulações que não se encaixavam, além de um rombo cujas dimensões prenunciavam o desastre iminente. Se permanecesse mais meia hora no mar, Lula seria transformado no primeiro presidente a inaugurar um naufrágio. Estacionado no litoral pernambucano desde o dia do nascimento, nem por isso o navio deixou de percorrer o país inteiro. Durante a campanha presidencial, transportado pela imaginação da candidata Dilma Rousseff, fez escala em todos os palanques e foi apresentado ao eleitorado como mais uma realização da supergerente que Lula inventou.
A assessoria de imprensa da Transpetro se limita a informar que não sabe quando o João Cândido vai navegar de verdade. O Estaleiro Atlântico Sul, criado com dinheiro dos pagadores de impostos, não tem nada a dizer. Nem sobre o petroleiro avariado nem sobre os outros 21 encomendados pelo governo. No fim de 2011, o EAS adiou pela terceira vez a entrega do navio. A Petrobras, que controla a Transpetro, alegou que os defeitos de fabricação só podem ser consertados no exterior.
Quando o presidente era Nilo Peçanha, João Cândido comandou uma rebelião que exigia a abolição dos castigos físicos impostos aos marinheiros. Passados 102 anos, Dilma e Lula resolveram castigá-lo moralmente com a associação de seu nome a outro espanto da Era da Mediocridade: depois do trem-bala invisível, o governo inventou o navio que não navega.

Essa foto é verdadeira, sem montagem e ajuda de Marketeiros

Navio João Cândico não Navega, Navio João candido tem defeitos de fabricação, Estaleiro de Suape, EAS, PAC, desvio de dinheiro  publico, Corrupção, PT

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain