terça-feira, 3 de dezembro de 2013

#BOMBA! #Brasil empresta secretamente US$ 2 Bi a Cuba e Angola.

Por Carlos Parrini ... 

Se é secreto, podem acreditar que tem falcatruas no meio disso tudo. Para piorar as coisas, o Governo disse que esse segredo só poderá ser aberto daqui a 30 anos. Quem estará vivo até lá? Qual crime não estará prescrito nessa época?
Já é um absurdo tirar dos Brasileiros para desviar para outros países. É aquela história: Cuide primeiro dos seus para depois ajudar os outros. Se os seus filhos estão passando sede, por que mandar água mineral para outros países?
Por falar em desvio, outro dia a filha do ladrão condenado José Genoino, reclamou por seu pai estar bebendo água da torneira no presídio da Papuda, mas ela não viu ou finge que não vê consequências dos desvios como o que seu pai fez, como essa abaixo:



E não para por aí. Enquanto desviam, os nordestinos passam necessidades.



Enganam o povo dizendo que os médicos e Comunistas Cubanos são a solução do problema na saúde. Mas o que vemos é a ajuda indo para Cuba e o brasileiro sofrendo cada vez mais no SUS:


Se os bandidos do PT são presos, eles conseguem logo empregos com salários jamais pagos para a função, com direito a mordomias incluindo mensalões e receitas secretas. Isso porque estão presos, imaginem quando estavam soltos?



Vejam o Babado:

ENTÃO BRASILEIRO, É ASSIM QUE SEU DINHEIRO É USADO, ENQUANTO FALTA EDUCAÇÃO, SAÚDE E TUDO MAIS QUE SE FOR RELACIONAR, NÃO CABE AQUI... Leia a matéria da Folha...

Brasil coloca sob sigilo apoio financeiro a Cuba e a Angola

O ministro Fernando Pimentel (Desenvolvimento) tornou secretos os documentos que tratam de financiamentos do Brasil aos governos de Cuba e de Angola. Com a decisão, o conteúdo dos papéis só poderá ser conhecido a partir de 2027.

Empresa negociou contrato durante ida de Lula a Cuba
Lula diz que viagens pagas por empresas servem para 'vender' país
Empreiteiras pagaram quase metade das viagens de Lula ao exterior
Lula levou diretor da Odebrecht em viagem oficial à África
Governo teve gastos com viagens privadas de Lula
Marcelo Odebrecht: Viaje mais, presidente

O BNDES desembolsou, somente no ano passado, US$ 875 milhões em operações de financiamento à exportação de bens e serviços de empresas brasileiras para Cuba e Angola. O país africano desbancou a Argentina e passou a ser o maior destino de recursos do gênero.

Indagado pela Folha, o ministério disse ter baixado o sigilo sobre os papéis porque eles envolvem informações "estratégicas", documentos "apenas custodiados pelo ministério" e dados "cobertos por sigilo comercial".

Os atos foram assinados por Pimentel em junho de 2012, um mês após a entrada em vigor da Lei de Acesso à Informação. É o que revelam os termos obtidos pela Folha por meio dessa lei.

Só no ano passado, o BNDES financiou operações para 15 países, no valor total de US$ 2,17 bilhões, mas apenas os casos de Cuba e Angola receberam os carimbos de "secreto" no ministério.

Segundo o órgão, isso ocorreu por que havia "memorandos de entendimento" entre Brasil, Cuba e Angola que não existiam nas outras operações do gênero.

O ministério disse que o acesso a esses outros casos também é vetado, pois conteriam dados bancários e comerciais já considerados sigilosos sem a necessidade dos carimbos de secreto.

INEDITISMO

Antes da nova Lei de Acesso já existia legislação que previa a classificação em diversos graus de sigilo, mas é a primeira vez que se aplica o carimbo de "secreto" em casos semelhantes, segundo reconheceu o ministério. O órgão disse que tomou a decisão para se adaptar à nova lei.

O carimbo abrange praticamente tudo o que cercou as negociações entre Brasil, Cuba e Angola, como memorandos, pareceres, correspondências e notas técnicas.

As pistas sobre o destino do dinheiro, contudo, estão em informações públicas e em falas da presidente Dilma.

Em Havana, onde esteve em janeiro para encontro com o ditador Raúl Castro, ela afirmou que o Brasil bancava boa parte da construção do Porto de Mariel, a 40 km da capital, obra executada pela empreiteira Odebrecht.

Ela contou ainda que o Brasil trabalhava para amenizar os efeitos do embargo econômico a Cuba. "Impossível se considerar que é correto o bloqueio de alimentos para um povo. Então, nós participamos aqui, financiando, através de um crédito rotativo, US$ 400 milhões de compra de alimentos no Brasil."

Na visita a Luanda, em Angola, Dilma falou em 2011 que "os mais de US$ 3 bilhões disponibilizados pelo Brasil fazem de Angola o maior beneficiário de créditos no âmbito do Fundo de Garantias de Exportações" do BNDES.

A Folha revelou que o ex-presidente Lula esteve em Angola, em 2011, onde participou de um evento patrocinado pela Odebrecht.

O Desenvolvimento diz que os financiamentos têm o objetivo de dar competitividade às empresas brasileiras nas vendas ao exterior. A Folha não conseguiu falar com as assessorias das embaixadas de Cuba e de Angola.

FONTE: FOLHA 09/04/2013 
http://www1.folha.uol.com.br/poder/12...


Enquanto isso, Dirceu vai curtindo seu emprego com suposto salário de R$ 20 mil. O Único problema é que tem de beber água da torneira quando dorme na Papuda. Até que pague pequenos mensalinhos para ter mordomias lá também. 



E o povo, o que acha disso? Enquanto o PT não parar com as esmolas ou inventar que a Oposição acabará com elas, reinarão em paz. Não foi assim com BARRABÁS nos tempos de Cristo?
Se Cristo usasse o Bolsa Esmola, certamente estaria no lugar de Pôncio Pilatos que perderia a cabeça como João Batista ou seria Crucificado como foi o Salvador. Se isso acontecesse, com todo essa compra de apoio e transgressões, certamente um novo dilúvio aconteceria e até Cristo sucumbiria. 

Brasil empresta secretamente US$ 2 bilhoes a Cuba e Angola, desvio de dinheiro  publico, charge corrupção, charge PT, Corrupção, Acorda Brasil, Cuba, Seca,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain