domingo, 10 de novembro de 2013

#BOMBA! Contratos entre Petrobrás e Odebrecht tem Ágio de até 1.600%

Por Carlos Parrini ... 

Aguarde pois virá mais aumento dos combustíveis aí. Como se não bastassem os combustíveis mais caros do Planeta ainda mentem dizendo que os preços estão defasados. Isso é tanto mentira que os Postos da Petrobrás vendem combustíveis pela metade do preço lá na Argentina.
Tão sempre descontando em cima do povo sua incompetência e roubalheira. Vejam que as operações internacionais da Petrobrás só trouxeram prejuízos grandiosos para os Brasileiros. Chegaram a comprar uma refinaria véia em Pasadena  EUA, que não custava mais de US 50 milhões, pela fortuna de US 1 Bilhão.

Graça Foster está mais preocupada com os lucros 
dos contratos de seu marido com a Petrobrás

E a corrupção anda solta na Petrobrás. O próprio marido da Presidente Graça Foster tem mais de 40 contratos, sendo muitos sem licitação, com a Petrobrás. Tão construindo Refinarias que deveriam custar R$ 5 Bilhões, por mais de R$ 40 Bilhões. Já a nossa Refinaria que construímos na Bolívia, deram pro índio cocalheiro por US 100 milhões. Até a Delta (Aquela que teve contratos Bilionários com Sergio Cabral, Edurado Paes e no PAC da Dilma, com a participação de Carlinhos Cachoeira), que nem conhece Petróleo, tem contratos com a Petrobrás na nova Refinaria de Itaboraí no RJ. Eike Batista foi um que só mexia com minério, ganhou contrato com a Petrobrás e fudeu a todos nós pois cagou tudo com o Dinheiro do BNDES.


O mesmo se dá com a Odebrech, aquela que ficou no Lugar da Delta sem licitação e vive andando com Lula pra cima e pra baixo entre Cuba e África, gastando nosso dinheiro e usando o BNDES para o progresso (Entre Aspas) de outros países. E essa mesma Odebrecht foi flagrada cobrando ágio de até 1.600% para majorar os preços dos contratos, afim de aumentar o rombo na Petrobrás e nos nossos bolsos.


Felizmente para Lula e Dilma tem os panacas aqui que vão pagar por essa roubalheira. Aguardem pelo novo aumento. Só em país de ladrões como o Brasil, a alta produtividade de Petróleo é recompensada com aumento de preços. A Venezuela onde o povo não tem papel higiênico nem para limpar a bunda, a gasolina não passa de R$ 0,30 centavos. O Paraguay que não produz 1 gota de petróleo tem a gasolina pela metade de nosso preço.
Se você não tem carro, não se preocupe pois seu gás de cozinha, passagens de ônibus e alimentos que são carregados por caminhões movidos a díesel, aumentarão de preços.
Espero que neste Natal você não caia na besteira de comprar um carro. Uma bicicleta está de bom tamanho para aguentar tanta roubalheira na Petrobrás e consequentemente os aumentos de preços.


E tomem mais essa;

Petrobrás apura ágio de 1.600% da Odebrecht

Auditoria da estatal aponta sobrepreços em contrato que variam de 9% a 1.654%

09 de novembro de 2013 | 21h 06

Sabrina Valle - O Estado de S. Paulo
RIO - O contrato firmado em 2010 entre a Petrobrás e o grupo Odebrecht, para prestação de serviços em dez países, incluiu itens com preços inflados que, em alguns casos, ultrapassavam a marca de 1.000%. Auditoria interna da petroleira comparou os preços acordados no contrato com médias de preços em cada país. O resultado mostrou que na Bolívia, por exemplo, os itens estavam entre 9% e 1.654% mais caros; no Chile, entre 14% e 598%; na Argentina o sobrepreço médio foi de 95%.
Documentos da petroleira, obtidos com exclusividade peloBroadcast, serviço em tempo real da Agência Estado, mostram também que no contrato (PAC SMS) houve inclusão indevida de impostos na formação de preços nos Estados Unidos, Chile e Argentina, elevando o valor dos serviços em US$ 15 milhões.
Mesmo antes do início dos trabalhos, 60% dos 358 projetos de SMS, sigla referente às áreas de segurança, meio ambiente e saúde foram retirados do acordo. Mas o contrato não protegia a Petrobrás e os valores dos projetos cortados foram incluídos - e parcialmente pagos - sob outra rubrica (mobilização). Sob a descrição genérica de "passivo e gestão", sem o detalhamento do tipo de serviço, aparecem US$ 91 milhões.
As instalações onde os serviços seriam feitos incluíram a refinaria de Okinawa (Japão), refinaria de Bahía Blanca (Argentina) e Montevidéo Gás (Uruguai) e refinaria de San Lorenzo, na Argentina, vendida em 2011 para Cristóbal López, empresário com investimentos no ramo de cassinos e fortes vínculos com o governo da presidente Cristina Kirchner.
Irregularidades. A lista de irregularidades no contrato da Odebrecht com a Petrobrás começou antes da assinatura do acordo e incluiu o escopo dos serviços, composição de custos e condução da disputa.
O processo licitatório 001/2010 mostra que a petroleira já estimava gastar US$ 784 milhões com o projeto, disputado também pelas construtoras Andrade Gutierrez e OAS e vencido pela Odebrecht, por US$ 825 milhões.
Continua: 


Feliz Natal
Contratos entre Petrobrás e Odebrecht tem Ágio de até 1.600%, Corrupção, PT, desvio de dinheiro publico, Superfaturamento Petrobrás, Petrobrás, Odebrecht, Acorda Brasil, Charge Petrobrás, Charge Odebrecht, Blogosfera

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain