domingo, 29 de setembro de 2013

#BOMBA! Militantes PTistas vivos ou mortos, tem prioridade no 'Minha Casa Minha Vida'.

Por Carlos Parrini ... 


Valdir é Brasileiro e não desiste nunca

Valdir é um homem de fé, mesmo morando nos esgotos acredita que um dia receberá sua casa própria. A venda de papelões e latinhas complementam sua renda do Bolsa Família. Claro que é um morador solitário, não por opção, mas por não ter uma companheira tão esperançosa quanto ele de morar nos esgotos enquanto a tão sonhada casa não chega. Embora ele more nos esgotos, não é uma ratazana como aqueles que estão nos esgotos de Brasilia.



Chances de ter uma casa própria são muitas, porém o verdadeiro propósito desse programa eleitoreiro do Governo, é priorizar a classe média, ricos e os companheiros. Fora isso, o que poderia tornar o sonho de Valdir realizado de imediato, seria pelo menos o controle da corrupção. Como se não bastasse a concorrência dos que não estão necessitados em ter uma casa própria ou que tem dinheiro para comprar ou alugar coisa melhor, é saber que o dinheiro está sendo desviado pelos criminosos que trabalham no Governo ou pelos que os apoiam. Essa mesma corrupção que o Governo do PT está deixando correr solta roubando na saúde, merenda escolar, fome zero, bolsa família, educação, entre outras.
Mas Valdir é um Brasileiro que não desiste nunca, tem fé e sabe que realizará seu sonho mesmo que seja em outra vida no trono ao lado de Deus. Pode ser que ele não tenha sua casinha própria por lá, mar terá uma vista privilegiada assistindo esses criminosos, que matam indiretamente por dinheiro, arderem no inferno.



Em tempo:
PSDB vai interpelar Dilma por fraudes e caixa dois
  
Vejam a declaração do presidente do PSDB, Aécio Neves:

São extremamente graves as denúncias publicadas pela Folha. O PSDB amanhã fará uma consulta jurídica ao TSE sobre as medidas cabíveis no caso das irregularidades reveladas pelo jornal na prestação de contas da campanha da então candidata do PT em 2010, assim como aguarda que ela preste os esclarecimentos necessários aos seus eleitores e também ao conjunto da sociedade. Com relação às denúncias de emprego de critérios políticos na seleção de beneficiados pelo programa federal Minha Casa, Minha Vida, o PSDB, por meio de seu líder na Câmara, deputado federal Carlos Sampaio, entrará com representação na Procuradoria-Geral da República na manhã desta segunda-feira (30/09). (Site PSDB)

Vejam alguns entraves que impedem de Valdir realizar seu sonho, em vida:


Militância vira critério para receber moradia do Minha Casa Minha Vida

Onze das 12 entidades com projetos aprovados pelo Ministério das Cidades são dirigidas por filiados ao PT; quem marca presença em protestos e até ocupações ganha prioridade na fila da casa própria em São Paulo

28 de setembro de 2013 | 17h 47
Adriana Ferraz e Diego Zanchetta, O Estado de S.Paulo
Líderes comunitários filiados ao PT usam critérios políticos para gerir a maior parte dos R$ 238,2 milhões repassados pelo programa Minha Casa Minha Vida Entidades para a construção de casas populares na capital. Onze das 12 entidades que tiveram projetos aprovados pelo Ministério das Cidades são dirigidas por filiados ao partido. Suas associações privilegiam quem participa de atos e manifestações de sem-teto ao distribuir moradias, em vez de priorizar a renda na escolha. Entre gestores dos recursos, há funcionários da gestão de Fernando Haddad (PT), candidatos a cargos públicos pela sigla e até uma militante morta há dois anos.
-

Renan turbina Minha Casa, Minha Vida em Alagoas 

Segundo jornal, favorito à presidência do Senado fez construtora ligada a laranja faturar 70 milhões, além de entregar conjunto com casas inacabadas

Renan Calheiros, senador (PMDB-AL)
Com programa, Renan quer aumentar sua popularidade para as eleições de 2014 (Minervino Junior/Agência BG Press)
Com grande influência dentro da Caixa Econômica Federal (CEF) e o comando político de 80% dos municípios, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) – favorito na eleição para presidência do Senado – se tornou o "midas" do programa Minha Casa, Minha Vida no estado de Alagoas. Um dos maiores favorecidos com esse “toque” especial do senador no programa vitrine do governo federal foi a Construtora Uchôa, do irmão de Tito Uchôa, apontado como laranja do peemedebista. Segundo reportagem do jornal O Estado de S. Paulo, a empresa faturou mais de 70 milhões de reais no programa nos últimos dois anos.
Empresário versátil, Tito Uchôa é sócio do filho do senador, o deputado federal Renan Filho (PMDB), em uma gráfica e em duas rádios. Também é proprietário de uma agência de viagens, uma empresa de locação de carros e um supermercado. A mulher dele, Vânia Uchôa, era funcionária do gabinete do senador Renan Calheiros.
Uma engenharia financeira peculiar do programa Minha Casa, Minha Vida valoriza os atributos do candidato à Presidência do Senado e abre espaço para a ingerência política. As contratações – sem processo de licitação – são feitas diretamente pela Caixa, área de influência de Renan e do PMDB em Alagoas e com ramificações em Brasília, a partir de propostas apresentadas por prefeitos e empreiteiras ao banco.
-

PT aparelha Minha Casa, Minha Vida. Para receber casinha tem de ser "cumpanhêro"

 
Abraçada pelo prefeito, Verinha do PT, de invasora contra Kassab, funcionária do Haddad e dona de mais de R$ 20 milhões do Minha Casa, Minha Vida. É ela quem decide quem vai receber casa.

Líderes comunitários filiados ao PT usam critérios políticos para gerir a maior parte dos R$ 238,2 milhões repassados pelo programa Minha Casa Minha Vida Entidades para a construção de casas populares na capital. Onze das 12 entidades que tiveram projetos aprovados pelo Ministério das Cidades são dirigidas por filiados ao partido. Suas associações privilegiam quem participa de atos e manifestações de sem-teto ao distribuir moradias, em vez de priorizar a renda na escolha. Entre gestores dos recursos, há funcionários da gestão de Fernando Haddad (PT), candidatos a cargos públicos pela sigla e até uma militante morta há dois anos.
A partir de repasses diretos, as associações selecionadas pelo governo federal escolhem quem vai sair da fila da habitação em São Paulo. Os critérios não seguem apenas padrões de renda, mas de participação política. Quem marca presença em eventos públicos, como protestos e até ocupações, soma pontos e tem mais chance de receber a casa própria.
Para receber o imóvel, os associados ainda precisam seguir regras adicionais às estabelecidas pelo programa federal, que prevê renda familiar máxima de R$ 1,6 mil, e prioridade a moradores de áreas de risco ou com deficiência física. A primeira exigência das entidades é o pagamento de mensalidade, além de taxa de adesão, que funciona como uma matrícula. Para entrar nos grupos, o passe vale até R$ 50.
Quem paga em dia e frequenta reuniões, assembleias e os eventos agendados pelas entidades soma pontos e sai na frente. O sistema, no entanto, fere o princípio da isonomia, segundo o advogado Márcio Cammarosano, professor de Direito Público da PUC-SP. “Na minha avaliação, esse modelo de pontos ainda me parece inconstitucional, além de escandaloso e absolutamente descabido. Ele exclui as pessoas mais humildes, que não têm condições de pagar qualquer taxa ou mesmo de frequentar atos públicos”, afirma.
50 mil pessoas. Os empreendimentos são projetados e construídos pelas associações, que hoje reúnem uma multidão de associados. São mais de 50 mil pessoas engajadas na luta pelo direito à moradia. Além das entidades dos petistas, há ainda uma outra dirigida por um filiado ao PCdoB.
A força política dos movimentos de moradia, que só neste ano comandaram mais de 50 invasões na cidade, pressionam não só o governo federal, mas a Prefeitura. Em agosto, Haddad publicou um decreto no qual se comprometeu a permitir que entidades possam indicar parte das famílias que serão contempladas com moradias em sua gestão. A promessa de campanha é entregar 55 mil até 2016 – as lideranças querem opinar sobre 20 mil desse pacote.

E para dar um tiro de misericórdia nos Sonhos de Valdir em possuir uma casa própria, ele e nós ainda temos de conviver como esse tipo de mentira que os PTralhas tão bem sabem fazer.


Lula com Dilma no evento em que se declarou campeão em tudo, até no combate à corrupção: cara de pau e cinismo (Foto: Folhapress)
O descaramento do lulopetismo e de seu sumo sacerdote não tem limites.

E Valdir ainda tem de contar com os desvios para abastecer o populismo e reeleger os criminosos, que acabam com o investimento na saúde, mantem os problemas dramáticos no saneamento básico, fome e seca, matando milhares no Brasil.
Valdir, aproveite para relaxar e Gozar pois este é o presente que os corruptos estão lhes permitindo desfrutar. Enquanto o dinheiro estiver caindo do céu, claro.
Charge Minha Casa Minha Vida, Militantes Petistas participam do minha casa minha vida, desvio dinheiro publico, corupção PT, acorda brasil, charge corrupção, blogosfera

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:



VEJA OUTRAS FORMAS FÁCEIS SEGURAS E BARATAS DE SE CONSEGUIR MUITO DINHEIRO NA NET:
http://blogdoparrini.blogspot.be/2016/06/renda-extra-formas-seguras-e-baratas.html

Ratings and Recommendations by outbrain