quinta-feira, 6 de junho de 2013

#BOMBA! Partido Militar Brasileiro quer Min. Joaquim Barbosa Presidente do Brasil em 2014.

Por Carlos Parrini ... 

Realmente acho que chegou a hora de mudanças e ninguém melhor que Joaquim Barbosa para isso. Essa ideia chegou em boa hora visto que nosso país está entregue as baratas e aos corruptos. Nunca na história do Brasil tanto dinheiro foi desviado. Nunca nosso Patrimônio foi tão dilapidado por empreiteiras corruptas como Delta e outras de camaradas do Governo. Nunca um Presidente não fez nada para combater a corrupção, muito pelo contrário, ainda a defende. Vide José Dirceu, Erenice Guerra, os oito Ministros denunciados por corrupção e metade da torcida do Corintians que continuam mamando nas tetas do Brasil.
Acho até que demorou para que esse convite fosse entregue ao Ministro do STF que, sozinho, está acabando com a vida boa dos corruptos do PT e aliados.
E que assim seja: Deus nos céus e Barbosa na causa.


Vejam o Babado:

Partido Militar quer Joaquim Barbosa candidato a presidente em 2014


Joaquim Barbosa desperta a simpatia de setores que
clamam por moralização da Administração Pública

Segundo informações do presidente do PMB - Partido Militar Brasileiro -, capitão Augusto Rosa, o ministro Joaquim Barbosa é o favorito para se tornar candidato a presidente pelo partido nas eleições de 2014.

Para Rosa, seu valor para a moralidade é relevante e o torna destaque: “A postura do ministro diante de grandes escândalos, como no caso do mensalão, comprova a intolerância de Barbosa quanto à corrupção. Essa postura vem ao encontro aos ideais do PMB, que está em busca de candidatos que possam resgatar a moralidade na política nacional”. Segundo os responsáveis, o convite será oficializado a Joaquim Barbosa em reunião pessoal a ser marcada com o ministro.

O convite seria uma artimanha de marketing
 ou um desejo sincero de união pela moralidade na política?


Ainda que o registro no TSE esteja pendente, o ânimo dos partidários é grande. O estatuto já foi publicado no Diário Oficial da União, já adquiriu CNPJ e já tem mais de 300 mil assinaturas coletadas (das 485 mil exigidas pelas regras do TSE). 



Joaquim Barbosa tem despertado a simpatia de setores e cidadãos que clamam por uma eficaz, eficiente e substancial moralização da política nacional. Qual é a sua opinião a respeito? Uma escolha legítima ou um erro? O que pensa a respeito de sua associação ao Partido Militar, seria razoável?

Lígia Ferreira é analista de sócio-mecanismos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain