sábado, 16 de março de 2013

#BRASIL - Um país onde o Povo aceita a Omissão, Covardia e Corrupção...


"O único país da civilização ocidental em que sua sociedade aceita ser subvertida pela omissão, pela covardia, pela corrupção..."

Geraldo Almendra
As grandes transformações sociais, sejam para o bem ou para o mal, são realizadas com luta e muito sangue derramado das partes envolvidas.
O Brasil está inovando na biografia das nações. Deve ser o único país da civilização ocidental em que sua sociedade aceita ser subvertida pela omissão, pela covardia, pela corrupção, pelo suborno e pelo corporativismo sórdido dos esclarecidos canalhas, todos envolvidos no roubo de bilhões dos contribuintes e no genocídio social pela incompetência e má-fé do poder público – transformado em um Covil de Bandidos –, que provoca a morte de milhares de cidadãos todos os anos.

Criação: Carol W., retirada daqui
Isso é o resultado da Fraude da Abertura Democratíca cujas maiores realizações foram provocar a falência da educação e da cultura, fundamentos da transformação de mais de 80 % da população em ignorantes, idiotas e imbecis, pedintes dos favores do Estado como contrapartida. A maioria do resto, formada pelos esclarecidos canalhas comprovam a falência moral dos pilares da sociedade, desgraça essa resultante do ADN do ilícito impregnado no sangue dos que detêm o poder econômico, político e social, pertencentes às elites e às burguesias públicas e privadas, que vivem do fortalecimento da desonestidade sob todas as suas formas como fundamentos de sobrevivência e enriquecimento por meio da corrupção, do suborno e do corporativismo mais sórdido. Esta é a gênese da formação histórica do nosso apodrecido país.
Os presidentes dos países precisam dar exemplos diários de respeito à sociedade, honra e dignidade, mesmo que defendam os interesses de sua linha ideológica ou de seu partido.
Os presidentes da fraude da Abertura Democrática, incluindo a atual, dão exemplos quase que diários da prática de mentira, da manipulação sórdida dos ignorantes formados pela falência da educação, da falsidade, da leviandade, da falta de ética pública, da omissão diante de gangsteres da corrupção e do suborno que se colocam como seus cúmplices, tudo provocando de forma quase irreparável a degeneração moral do poder público.
Esses presidentes nunca tiveram um projeto para o país mas sim um projeto de solidificação econômica, política e social das burguesias públicas e privadas, cujas ideologias consistem no enriquecimento pela prática do ilícito, na degeneração moral das relações públicas e privadas, e da manipulação dos ignorantes.
A maquiagem, as plásticas da presidente e seu discurso leviano, hipócrita, mentiroso, e vergonhoso manipulador dos que dependem das bolsas qualquer coisa por necessidade ou simples vagabundagem, escondem uma fraude humana à semelhança de seu padrinho, o mais sórdido político de nossa história, denunciado como o verdadeiro chefe da gang do mensalão, que utilizava o avião presidencial para encontros amorosos com sua secretária Rose, conforme amplamente denunciado pela mídia.
Enquanto a presidente LIA mais um de seus discursos, estrurando mais um estelionato eleitoral, mais de 100 pessoas morrem por dia no país por total irresponsabilidade do poder público mais corrupto de nossa história, muitas delas dentro de hospitais públicos entregues ao abandono e ao descaso governamental ou assassinados por bandidos.
Não existe explicação racional para uma sociedade – a não ser uma criminosa deformação moral – conviver com tanta sacanagem enquanto trabalha mais de cinco meses por ano para sustentar o Covil de Bandidos.
Título e Texto: Geraldo Almendra, 09-03-2013

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain