terça-feira, 5 de março de 2013

#BOMBA! Finalmente Hugo Chaves foi declarado morto.

Por Carlos Parrini ... 

Não desejo que Chaves vá com Deus. No final do ano passado já havíamos anunciado AQUI a morte dele. Só não comunicaram isso oficialmente porque o Regime criminoso do mesmo não queria que o povo soubesse para que o seu vice assumisse sem novas eleições. A podridão e a roubalheira não podiam ser descobertas com sua morte, caso um opositor fosse eleito, nem os membros e companheiros ficassem sem as tetas do Estado para enriquecerem mais ainda. E foi o que aconteceu. Conseguiram mante-lo embalsamado, photoshop montados com a familia, muitas mentiras e expectativas e finalmente devolvido por Cuba para ser enterrado na Venezuela.
Vai com o Diabo Chaves, as vítimas de sua ruindade vão te encontrar antes de ires para o Inferno.

Vejam mais comentários:

Hasta la vista, Comandante!


Morreu Hugo Chávez, o caudilho mais fanfarrão da América do Sul. 

Vindo de formação militar e por vezes golpista, o caudilho ficou conhecido pela retórica anti-Estados Unidos e pelas bufonices dentro e fora de casa. Vítima de câncer, com ele morre também o populismo, o nacionalismo bufão, o esquerdismo bocó e o patrocínio a grupos e países terroristas, bem como o financiamento do tráfico de drogas. E a Venezuela vê surgir uma esperança de voltar aos trilhos, já que os governos redentores de Chávez esculhambaram com o país em muitos aspectos. Sem o seu carisma, vai-se a enxurrada de caudilhismo que tanto iludiu os venezuelanos. 

A morte de Chávez  também repercute em países que recebem petróleo barato da Venezuela e pode dar um ânimo à oposição, já que devem ser convocadas novas eleições em poucos dias. Mexe no xadrez político da região. Chávez era famoso em tentar sabotar eleições nos países vizinhos

Crítico contumaz do que chamava de ''imperialismo americano'', Chávez acusava os EUA de tudo o que podia, mas não deixava de ser um dos grandes fornecedores de petróleo ao gigante do norte. Na ONU, em 2006, chegou a chamar o então presidente americano, George  Bush, de diabo. ''O diabo esteve aqui ontem e ainda sinto o cheiro de enxofre'', disse o fanfarrão, com a inconfundível cara de galã de pornochanchada. Chávez também ajudava com o que podia ao regime tirano cubano, como apoio moral e petróleo. Com a sua morte, acaba de passar a perna na PETROBRAS, com a qual fingiu uma parceria para a refinaria de Abreu e Lima, em Pernambuco

Na América Latina, Chávez fez surgir esquerdistas ao seu molde, filhotes seus, como os presidentes Evo Morales (Bolívia), Rafael Correa (Equador), Daniel Ortega (Nicarágua), além do ex-mandatário hondurenho Manuel Zelaya (aquele que passou meses peidando na embaixada brasileira e comendo às nossas custas!). Chávez também era próximo de Lula, com quem protagonizou grandes patetices em política internacional. Quem não se lembra do acordo nuclear com o Irã? Foi fruto destas duas mentes ''iluminadas''

Na Venezuela, Chávez fez o que quis: após tomar posse, 1999, Chávez dissolveu o Congressoe convocou uma Constituinte. A nova Constituição alterou o nome do país para República Bolivariana da Venezuela e ampliou os poderes do caudilho, eliminando o Senado epermitindo-lhe governar por decretos. Também aparelhou a Suprema Corte do país com pelegos seus e perseguiu a imprensa. Cancelou licenças a jornais críticos seus e mandou à cadeia quem lhe falou mal. Já vai tarde! 

Chávez, no geral, era um emblema do atraso da América Latina. Era o símbolo da ignorância política, do populismo, dos heróis redentores, do vitimismo... 
Em um encontro com Obama, há alguns anos, fez questão de lhe entregar o livro As Veias Abertas da América Latina, de Galeano. Obama esqueceu-se de lhe presentear com outro livro,O Perfeito Idiota Latino-Americano. 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain