terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

#BOMBA! Novo Pres. da Câmara e acusado de Corrupção, defende Mensaleiros e desafia STF

Por Carlos Parrini ... 

Ontem vi uma situação um tanto ridícula. O Candidato a Presidente da Câmara dos Deputados, o Também PMDBista Henrique Alves, subiu a tribuna para esculhambar quem andou espalhando seu dossiê com denúncias de que é de fato corrupto. O ladrão virou macho e disse que vai ver câmeras e testemunhas para saber quem distribuiu essas verdades a seu respeito (Claro que para ele e seus comparsas, tudo que foi mostrado e espalhado tem de ser dito que é mentira).

Um cara de pau imortal

Só acho que esse cara de pau, deveria subir na tribuna, não para atacar quem fez o que e sim para mostrar provas de como conseguiu enriquecer sem jogar na loteria e sem trabalhar. Tinha que esclarecer a denuncia de sua ex-mulher, de ter enviado US $ 15 milhões ilegalmente para o exterior. Tinha que rebater tudo com provas em contrário pois quem acusou, mostrou o dossiê cheio delas. Com certeza por saber que gente dessa quadrilha mata (Vide Celso Daniel, Toninho do PT que morreram por saberem demais), quem espalhou esse Dossiê não quis se expor para não ser a próxima vítima.


Qualquer coisa eles aproveitam para atacar o Supremo que está fazendo uma verdadeira faxina no Congresso e no Governo. Assim foi com esse outro corrupto, foi com Marco Maia um dos líderes do PT, partido acusado de abrigar quadrilheiros e até mesmo Dilma que alem de Parabenizar o Ladrão Renan Calheiros, ainda deu essa alfinetada:


Como se no Congresso só trabalhassem Santos. Muita cara de pau. Invés de estar ao lado da Justiça, a PresdentA se junta a meliantes para defender a gangue.
Será que em Brasília ainda tem óleo de Peroba? Cara de pau tem aos montes, isso eu sei.


Vejam a matéria sobre esse cara de Pau, eleito por seus comparsas:

Novo presidente da Câmara desafia STF e apoia mandato de mensaleiro

Na primeira entrevista, Henrique Alves dá sinais de que pretende medir forças com os demais Poderes: ‘É o Legislativo que representa o povo’, afirma

João Domingos, Eugênia Lopes e Denise Madueño, de O Estado de S. Paulo
BRASÍLIA - Alvo de uma série de acusações e de uma ação por enriquecimento ilícito, o deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi eleito nesta segunda-feira, 4, o novo presidente da Câmara com 271 votos, sem necessidade de segundo turno. Em seguida, defendeu que os parlamentares condenados pelo Supremo Tribunal Federal no julgamento do mensalão não tenham seus mandatos automaticamente cassados, como querem os ministros da Corte.
“(O processo do mensalão) será finalizado aqui”, afirmou o peemedebista, ao ser indagado sobre de qual Poder será a palavra final. “É lógico que (a palavra final) é da Câmara”, reiterou.
Para Alves, o Poder que representa o povo brasileiro “queiram ou não queiram”, é Poder Legislativo. “Aqui só existem parlamentares abençoados pelo voto popular”, provocou em seu discurso após a eleição. O parlamentar disputou o cargo com Rose de Freitas (PMDB-ES), Julio Delgado (PSB-MG) e Chico Alencar (PSOL-RJ). Juntos, os concorrentes de Alves tiveram 223 votos.
Desde 2004, o deputado é acusado pelo Ministério Público Federal de improbidade administrativa por enriquecer ilicitamente. O caso, que corre em segredo de Justiça, teve origem em denúncia feita em 2002 por sua ex-mulher, segundo a qual ele mantinha US$ 15 milhões não declarados em paraísos fiscais.
Leia mais aqui no ESTADÃO


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain