quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

#BOMBA #BRasil negocia com Rússia compra de Mísseis. Pra que?

Por Carlos Parrini ... 

O Brasil vai de mau a pior e Dilma vem com esse papo de comprar armas da Rússia. Com que finalidade? Estamos prestes a entrar numa guerra? Estamos pelo menos numa Gerra Fria? Há rumores de  Guerra? Aposto como é mais uma forma de desvio de dinheiro público. Estão chegando as eleições e eles precisam de muita grana. Jamais tirarão dos bolsos deles. Por isso estão fechando mais contratos sem licitação e motivos como essa com a Rússia, outro paraíso fiscal do PT. Quem vai lá para investigar se há super faturamento? É como aquele jatos véios que Lula queria comprar da França quando os Estados Unidos vendiam bem melhores e mais baratos. Cadê nossa AVIBRÁS que vendia aqueles bombardeios anti-mísseis e que fizeram o maior sucesso na Guerra do Golfo?
E assim vai, Brasil devendo até as calças e esses canalhas torrando nosso dinheiro. Por que não terminam as obras do São Francisco? Por que não asfaltam as rodovias? Por que não investem no combate as drogas. Estão gastando bilhões com submarinos atômicos, jatos e agora artilharia pesada anti-mísseis. Enquanto isso a Petrobrás está se afundando em dívidas, A saúde continua matando, aposentados com salários arrochados, pacientes morrendo em hospitais, Cracudos crescendo de maneira exponencial.
Apenas uma pergunta: Será que alguém votará nesses salafrários nas próximas eleições?
É possível que dos 22,5 milhões que recebam esmolas e os 30% de simpatizantes que os apoiam, alguns gatos pingados votem neles. Assim seja para o Bem da Democracia do Brasil. Se é que ela vai continuar existindo até lá.

Esses camaradas deveriam comprar esse tipo de bomba
e estourar nos quintos dos infernos.

Vejam o babado:


Dilma e Medvedev negociam compra de baterias antiaéreas da Rússia

Países negociam acordos comerciais sem burocracia

20 de fevereiro de 2013 | 13h 37



Agência Estado


Os governos do Brasil e da Rússia assinaram nesta quarta-feira, 20, uma "declaração de intenções" que dá início às negociações para a compra, por parte do Ministério da Defesa brasileiro, de baterias antiaéreas da Rússia. A declaração faz parte de uma série de atos previstos durante a visita ao País do primeiro-ministro da Rússia, Dmitri Medvedev. No encontro, a presidente usou uma sandália no pé direito por causa de um dedo quebrado.
Conforme divulgado pelo Itamaraty, o objetivo dessa declaração é iniciar as negociações para a compra das baterias antiaéreas "com o desenvolvimento conjunto de novos produtos de defesa e a participação de empresas estratégicas de Defesa brasileiras nos processos produtivos e de sustentabilidade logística integrada".

A declaração será assinada pelo chefe do Estado-maior conjunto das Forças Armadas do Brasil, general José Carlos de Nardi, e pelo diretor do serviço federal de cooperação técnico-militar da Rússia, Alexander Vasilievich Fomin.

Segundo o Itamaraty, o acordo comercial e militar envolve o fornecimento de três baterias do Pantsir S1, avançado sistema de artilharia aérea. A presidente Dilma Rousseff ouviu detalhes da proposta durante visita a Rússia, em dezembro passado.

Os dois governos querem que as negociações bilaterais sejam iniciadas em março deste ano. Uma das exigências do Palácio do Planalto é a de que haja transferência de tecnologia, sem restrições.
(Com Rafael Moares Moura, da Agência Estado)

Continua: http://economia.estadao.com.br/noticias/economia%20geral,dilma-e-medvedev-negociam-compra-de-baterias-antiaereas-da-russia,144525,0.htm

m
Já temos muitas armas, por qu comprar mais?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain