quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

#BOMBA! Senado decide entre dois corruptos quem vai substituir o Presidente corrupto:

Por Carlos Parrini ... 

É aquela história: na terra de corruptos quem manda é o ladrão. Como vivemos numa época de roubalheiras e impunidade, isso aí é fichinha. Vejam que o Senador Renan Calheiros foi obrigado a renunciar para não ser cassado e perder direitos políticos. Passou o tempo, os Alagoanos esqueceram e Renan foi eleito a Senador novamente. Agora pode ser eleito Presidente do Senado. Para quem não se lembra, Renan foi pego fazendo Notas Frias para as vendas de seu gado para pequenos açougues que negaram compras volumosas (Vide AQUI). E de histórias entre as quais a de que fazia seu Gabinete de Motel para onde levava Jornalistas e Assessoras para sexo e etc.

Renan e o sumiço das vaquinhas através de Notas Frias

O mesmo acontece com o Outro candidato, Henrique Alves. Acusado de desvio de dinheiro público e enriquecimento ilícito, tá na disputa pau a pau com Renan (Leia mais AQUI).
Agora, puxem a cadeira, sabem de qual o Partido eles são? PMDB, o mesmo do Sarney que também tem diversas acusações de corrupção e preside a casa.
Tá sentado? O PMDB desses corruptos que brigam pelo poder, é o Partido do Vice Presidente da República. Assim, o PMDB dos Corruptos apoia o Partido dos corruptos condenados (PT), que hoje Preside o Brasil. Assim PT + PMDB + Base Alugada = Corrupção.
Talvez vocês até não entendam porque explico isso que já é público e notório. Mas é que quero desenhar nos mínimos detalhes pois 85% da população apoia tudo isso. Quem sabe você não esteja nessa estatística do IBOPE?

Vejam de onde me inspirei para trazer mais esse babado:

16/01/2013
 às 1:52 \ Direto ao Ponto

A dupla certa no lugar certo: dois casos de polícia vão chefiar o Carandiru sem grades

Em nações politicamente adultas, Renan Calheiros e Henrique Alves não passariam da primeira anotação no prontuário: antes da segunda patifaria, seriam transferidos da tribuna para um tribunal, teriam o mandato cassado e só voltariam ao Congresso para depor em alguma CPI ou, depois da temporada no presídio, fantasiados de turistas. Num Brasil com cara de clube dos cafajestes, o senador alagoano vai presidir a Casa do Espanto e o deputado potiguar vai administrar o Feirão da Bandidagem. Faz sentido.
A seita lulopetista aprendeu que folha corrida é currículo, integridade é defeito e honra é coisa de otário. Como nas disputas promovidas mensalmente pela coluna para a escolha do Homem sem Visão do Ano, a eleição do presidente da Câmara ou do Senado comprova que os congressistas votam no candidato que lhes pareça o pior entre os piores. A galeria dos eleitos depois do advento da Era da Mediocridade confirma que, quanto mais alentado for o prontuário, maior será a chance de vitória.
Indicados pelo PMDB, com o endosso de partidos da base alugada e o apoio da oposição oficiais, Renan e Henrique Alves estão à altura dos atuais ocupantes do cargo. José Sarney só não foi despejado da presidência do Senado porque Lula o promoveu a Homem Incomum e os oposicionistas estão em férias há 10 anos (veja o post reproduzido na seção Vale Reprise). Renan teve de renunciar ao posto para escapar da cassação que até seus comparsas achavam inevitável. Marco Maia acha muito natural que um deputado condenado pelo STF passe o dia no plenário e a noite na cadeia. Henrique Alves já avisou que, se José Genoíno precisar de um coiteiro, é só chamar o presidente.
Contemplada do lado de fora, a sede do Parlamento brasileiro é uma bela criação da grife Niemeyer. Visto por dentro, sobretudo por quem conhece a face escura dos inquilinos, o lugar onde deveria haver um Congresso é reduzido a um acampamento de meliantes com um terno escuro que não se dá com a gravata, sorriso de aeromoça e a expressão confiante de quem confunde imunidade parlamentar com licença para pecar.
O Congresso virou um Carandiru sem grades. É natural que seja dirigido por casos de polícia.




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain