segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

#BOMBA! Governo do Acre vai fornecer Água Mineral para presidiários.

Por Carlos Parrini ... 

Nada contra tratarem bem aos presos. Para mim podem até colocar ar-condicionado e TV nas celas. Só que antes de fazerem isso, deveriam cuidar primeiro da seca no Nordeste. Tanta gente pagando R$ 200,00 por um caminhão pipa lá. É como essas doações Bilionárias a Países camaradas, quando no Brasil tem gente morrendo nas filas do SUS esperando meses para atendimento e jovens se formando nas faculdades sem saberem ler e escrever corretamente. 
Ah! Ia me esquecendo. O Acre também é administrado pelo Governo do PT, aquele mesmo Partido do Zé Dirceu, José Genoino e outros condenados por roubo de dinheiro público. Também é apoiado pelos Partidos de José Sarney, Maluf, Waldemar da Costa Neto, Edir Macedo e outros que adoram mensalões e mensalinhos.
Também acho que este privilégio deveria ser estendido a toda a Nação, pois tem milhões de pessoas que nem água filtrada tem. Por que só estados administrados pelo PT podem ter essas mordomias? Só por que tem propina na área? E o povo? Ou estende para todos ou pára com isso.
Por enquanto sai mais barato colocar filtros nas torneiras e os presos podem aguentar, afinal eles mereceram estarem nas cadeias. O povo é que não merece passar sede. Pensando bem, não foi o povo que votou nessa patota? Deixa quieto....


Leiam o babado:

pmsdobrasil.com

A administração do sistema penitenciário do Acre está vivendo um verdadeiro inferno astral. As denúncias envolvendo a gestão dos presídios acreanos se transformaram em escândalos, que transcenderam os muros das unidades, ocupando espaços de destaque nas páginas policiais de jornais, noticiários de emissoras de televisão e sites de notícias.
Depois que a juíza de execuções penais, Luana Campos confirmou a denúncia feita por ac24horas que os presos estariam consumindo alimentos vencidos e da divulgação dos valores astronômicos das refeições, o Instituto de Administração Penitenciária do Acre (Iapen), volta a figurar em mais uma contratação suspeita.
Desta vez, o diretor-presidente do Iapen, Dirceu Augusto celebrou um contrato de mais de meio milhão de reais com uma empresa de fornecimento de água mineral para atender as necessidades dos presídios Francisco D’Oliveira Conde e Antônio Amaro Alves, no complexo penitenciário central de Rio Branco.
Na questão dos valores pagos pelas refeições dos detentos, a juíza Luana Campos poderá pedir a suspensão do contrato. Segundo ela, uma marmita no valor de R$ 6,40, é cara, levando em consideração que a empresa vencedora fornecedora dos alimentos usa a mão de obra dos presos e não paga encargos trabalhistas.
Os gastos com a alimentação no presídio chegam a ser exorbitantes, principalmente, se for levada em consideração a má qualidade do que é servido aos detentos, segundo o relatório da juíza de execuções penais. Em 2010, o governo contratou segundo publicação do Diário Oficial, exatos R$ 21.414.944,20.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain