quinta-feira, 1 de novembro de 2012

#BOMBA! Chefe da Quadrilha do MENSALÃO quer REAÇÃO contra MÍDIA e JUDICIÁRIO.

Por Carlos Parrini ...

Será que vamos ter mais uma Venezuela aqui? Vemos que países como Argentina e Brasil, estão chegando a isso. A Argentina já está na frente e o Brasil está logo atrás. Principalmente por que nosso país não está percebendo a gravidade da situação. 
Vejam que mesmo o STF prendendo quadrilheiros do PT, o povo continua votando neles. O PT transfere renda para o povo e ao mesmo tempo transfere milhões para o bolso deles. Foram descobertos e estão sendo presos por isso. Mesmo assim o povo não está nem aí.
Vejam abaixo um exemplo como o povo está se lixando para o que está acontecendo:


Notem que 30% dos eleitores, não votaram. Resultado: O Partido dos quadrilheiros ganhou. 
Com base nisso, esses meliantes que participam do poder, querem ditar as leis dizendo que tem respaldo da População.
Talvez, ser como a Venezuela seja pouco. Do jeito como o Governo do PT está enchendo CUBA de dinheiro, será mais fácil ser como eles. E quando isso acontecer, será tarde demais.

Charge: Liberdade de expressão

Vejam a matéria que trouxemos para compartilhar:

Dirceu prega reação à mídia e ao Judiciário
Ex-ministro reaparece e estimula direção do PT a reagir, mas diz que o importante agora é vencer eleições municipais
Condenado pelo STF, petista defende que partido se concentre no 2º turno e pede esforço especial por Haddad
CATIA SEABRA
BERNARDO MELLO FRANCO
DE SÃO PAULO
Em reunião fechada com a direção nacional do PT, o ex-ministro José Dirceu, condenado por corrupção ativa no processo do mensalão, pregou ontem que o partido reaja à Justiça e à mídia, a quem acusou de perseguição.
Ele pediu que a ofensiva seja deixada para depois do segundo turno das eleições municipais, para evitar prejuízos a candidatos petistas.
Disse que a prioridade agora é vencer no maior número possível de cidades, e pediu esforço especial por Fernando Haddad em São Paulo.
Para estimular os petistas, o ex-ministro afirmou que foi o partido, e não ele, o principal réu condenado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).
"Mais importante do que discutir o julgamento é ganhar a eleição", disse, segundo relatos de petistas. "Vencer as eleições é a melhor resposta aos nossos adversários.
O discurso seguiu roteiro acertado na véspera com o ex-presidente Lula: o fundamental agora, para o PT, é ampliar as vitórias eleitorais.
Quatro horas mais tarde, depois de um inflamado discurso do ex-deputado José Genoino, que também foi condenado pelo Supremo, Dirceu retomou a palavra.
Disse concordar com a avaliação do colega de que o julgamento do mensalão refletiu a luta de classes no país e pregou a criação de controles para a mídia e o Judiciário.
Ele não detalhou seus planos de intervenções, mas deixou claro que considera a imprensa e a Justiça comandadas pela oposição.
Dirceu defendeu ainda que os petistas se lançassem numa campanha pela reforma política como instrumento para combater "a direita".
"Se não aprovarmos o financiamento público, estaremos mortos", disse, ainda segundo relato de petistas participantes da reunião.
O PT divulgou documento em que que diz ter sido diz ter sido vítima de "hipocrisia" e "intolerância" no primeiro turno das eleições, que coincidiu com a primeira parte do julgamento do mensalão.
A sigla afirma ter enfrentado "intensa campanha promovida pela oposição de direita e seus aliados na mídia".
"Não é a primeira vez, nem será a última, que os setores conservadores demonstram sua intolerância, sua falta de vocação democrática, sua hipocrisia, dois pesos, duas medidas", diz a nota, que foi antecipada pelo site da Folha.
Genoino propôs a única alteração no texto original apresentado pela cúpula petista, pregando "defesa enfática" do PT. "Aos ataques e manipulações, contraporemos a defesa enfática de nosso projeto estratégico", diz o trecho redigido por ele.
O presidente da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, propôs uma manifestação em solidariedade aos condenados, mas o PT optou por esperar a eleição. Em nota, a central acusou o STF de julgar "a serviço dos conservadores".
Dirceu foi à sede do partido em carro com vidros escuros e tentou se esconder dos jornalistas. Na saída, o veículo foi cercado por PMs da reserva, que o chamaram de "ladrão". "Não adianta ir para a cadeia. Tem que devolver o dinheiro", gritou o subtenente Clovis de Oliveira, 71.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/poder/71378-dirceu-prega-reacao-a-midia-e-ao-judiciario.shtml


regulamentar a midia pt 040911 newtonsilva humor politico PT aprova resolução que defende regulamentação da mídia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain