quarta-feira, 31 de outubro de 2012

#BOMBA! PT não vai Expulsar os condenados do MENSALÃO

Por Carlos Parrini ...

Como era esperado, o PT resolve manter os ladrões do dinheiro Público condenados pelo STF, como membros do Partido. Isso não só vai de contra seus estatutos, mas contra a ética e moral. Mas o que esperar de um Partido onde 25 deles foram condenados por corrupção? O que esperar de um Partido, cujo governo teve que expulsar na marra 8 ministros corruptos, denunciados pela Imprensa? Se dependesse do PT ou da PresidentA, eles ainda estariam lá roubando até hoje. Quer dizer, não estão mas deixaram os comparsas.


Falaram tanto do DEM, mas este Partido deu exemplo ao expulsar senadores e Governadores antes de serem condenados.
Agora o PT, além de ser o partido mais corrupto da história do Brasil, faz pior. Dá guarita para bandidos. Não fiquem surpresos se o ladrão comprovado José Genoino, voltar a ser Deputado Federal com as bençãos do PT e da base comprada.


Vejam a matéria que trouxemos na íntegra para compartilhar com voces:


PT descarta expulsão de condenados no mensalão

Embora prevista no estatuto do partido, medida não será adotada contra Dirceu, Delúbio, Genoino e João Paulo, disse o presidente da sigla, Rui Falcão


DENISE MADUEÑO / BRASÍLIA - O Estado de S.Paulo
O presidente do PT, Rui Falcão, descartou ontem qualquer possibilidade de expulsão do partido dos condenados no julgamento do mensalão pelo Supremo Tribunal Federal. O ex-ministro José Dirceu, o ex-presidente do partido, José Genoino, o ex-tesoureiro Delúbio Soares e o deputado João Paulo Cunha (SP) já receberam condenações.
Embora o estatuto do partido determine a expulsão de filiados condenados "por crime infamante ou por práticas administrativas ilícitas, com sentença transitado em julgado", a norma não será usada pela legenda. "Nenhum deles está incluído (na punição). Não houve desvio administrativo. Quem aplica o estatuto somos nós. Nós interpretamos o estatuto", disse Falcão.
O presidente do PT afirmou não temer novas declarações do empresário Marcos Valério em eventual acordo de delação premiada na Justiça. "Nós do PT não temos nada a temer. É uma decisão dele (Valério)", disse.
Falcão participou ontem da comemoração da edição 5 mil do jornal do PT na Câmara dos Deputados. O jornal é editado pela bancada petista na Casa.
No evento, o presidente do PT afirmou que o partido quer contribuir para ampliar a liberdade de expressão no País. "Que a informação não seja privilégio de poucos, mas de fortalecimento da democracia", discursou.
Livres da condição de réu no processo do mensalão, os ex-deputados Professor Luizinho (PT-SP) e Paulo Rocha (PT-PA) reapareceram na Câmara durante a cerimônia petista. Os dois foram absolvidos pelo STF da acusação pelo crime de lavagem de dinheiro.
"Estou com o sentimento de ex-presidiário. Eu fui julgado, condenado. Fui punido, cumpri pena e agora fui libertado. Mas ainda sinto o preconceito que existe na sociedade contra todos os ex-presidiários", disse Luizinho, líder do governo na Câmara em 2005, quando estourou o escândalo do mensalão. Nos últimos sete anos, Luizinho não ocupou outros cargos eletivos. "Estou sete anos fora da política. Os prejuízos foram todos", continuou. "A desonra, o sofrimento da minha família. Agora houve uma demonstração clara da minha honra, mas esse ônus nunca será reposto."
Ao contrário de Luizinho, Paulo Rocha evitou conversa. "Não vou falar nada. Ainda está no julgamento", repetia o ex-deputado, que em 2005 era líder do PT e renunciou ao mandato de deputado para fugir do processo de cassação.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain