sexta-feira, 5 de outubro de 2012

#BOMBA! PF apreende avião com R$ 1,1 Milhão do PT.

Essa é a nossa PF que LULA sempre diz que nunca combateu tanto a corrupção. Nisso ele tem razão. Apenas não esclareceu que a PF nunca teve tanto trabalho em caçar bandidos do PT e da Base Alugada que os apoia. É difícil você não ter um caso de Polícia envolvendo os Aloprados e seus chefes. Tanto nos grandes escândalos como nos pequenos. Não admire pois que a Justiça esteja trabalhando tanto também. Felizmente já começa a condenar os PTistas, no caso de Mensalões e roubos como esse.


Apenas o que nos deixa intrigado é que os chefões são punidos apenas por grandes crimes eleitorais, com pequenas multas de R$ 5 mil. Embora a multa seja tão pequena, a devastação que fizeram na vida dos candidatos adversários, são enormes. Vejam que no caso de Dilma onde ela e LULA cometeram mais de 20 crimes eleitorais durante a campanha, as multas foram pequenas, mas Dilma foi ELEITA. E hoje nó pagamos por isso, seja por nossos dinheiros sendo roubados por ministros corruptos, enriquecendo Deltas e Cachoeiras ou carregados por aviões para regarem as hortas dos Bandidos do PT.


Felizmente, nunca na história do Brasil, o STF tenha condenado tantos Políticos. Esperamos que seja assim até fazerem a verdadeira faxina no Governo de Dilma, ao invés de colocarem os lixos para debaixo dos tapetes.


Leiam a Matéria:

PF diz que R$ 1,1 milhão apreendidos em avião no Pará seriam entregues ao PT


Um dos detidos afirmou que entregaria os R$ 1,134 milhão ao coordenador da campanha


SÃO PAULO - O R$ 1,134 milhão apreendidos pela Justiça Eleitoral na última terça-feira em Parauapebas (PA) seriam entregues a Alex Pamplona Ohana, ex-secretário de Saúde do município e apontado como coordenador da campanha do candidato José das Dores Couto, conhecido como "Coutinho do PT". A informação faz parte do depoimento dado por Adnado Correia Braga ao delegado da Polícia Federal de Marabá, Antonio José Silva Carvalho, que investiga a suspeita de uso do dinheiro para compra de votos em Parauapebas. Braga foi encarregado de levar o dinheiro de Belém até Parauapebas e deu à PF detalhes sobre a operação.

- O depoimento de Adnaldo nos dá todos os indícios de que o dinheiro seria usado na campanha eleitoral na cidade. Outro indício era a presença de Alex no local. Ele saiu do aeroporto tão logo chegou o juiz eleitoral Líbio Moura, acompanhado por policiais, e chegou a cumprimentá-lo - afirmou o delegado, acrescentando que, além do juiz, os vigilantes do aeroporto também confirmaram a presença de Alex no aeroporto.

Adnaldo Correia Braga é primo de Kerniston Braga, funcionário da Prefeitura de Parauapebas, que é administrada por Darci José Lermer (PT). Como está no segundo mandato e não pode ser reeleito, Coutinho, ex-secretário de Obras do município, recebe seu apoio. A vice na chapa é Isabel Mesquita, do PMDB, ex- secretária Nacional de Políticas de Turismo.

Em depoimento à PF, Adnaldo afirmou que seu primo Kerniston viajou a Belém no domingo e pediu que a ele que o acompanhasse na segunda-feira a uma agência do Banpará, onde pegaria uma grande soma de dinheiro. Preocupado com um possível assalto, Kerniston teria pedido a ele que fizesse a escolta, seguindo seu carro no trajeto. No banco, Kerniston teria recebido R$ 400 mil sacados em dinheiro vivo pelo dono da Etec Empresa Técnica, que descontou um cheque da empresa. No mesmo dia, contou Adnaldo, Kerniston fez a ele um segundo pedido: que se encarregasse de levar o dinheiro no avião da empresa White Tratores, pilotado por Lucas Silva Chaparro.
(Fonte: O Globo)

Leiam mais AQUI






Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain