quinta-feira, 11 de outubro de 2012

#BOMBA! José Dirceu deixa reunião do PT sob gritos de ’bandido!

De hoje em diante, os ladrões dos cofres públicos não terão sossego. Salvo se estiverem presos em celas especiais, para não se transformarem princesas em celas comuns. Esse é o preço que todo ladrão deve ter, principalmente por crimes hediondos como os do desvio de dinheiro público, que poderia estar salvando vidas ao invés de estar enchendo o bolso deles. Agora estarão por conta de outros presidiários e por conta de DEUS, se é que Ele olhará por eles.

Vejam a matéria:


Dirceu deixa reunião do PT sob gritos de 'bandido não!'

10 de outubro de 2012  18h21  atualizado às 18h51
http://noticias.terra.com.br/brasil/politica/julgamento-do-mensalao/noticias/0,,OI6219836-EI20760,00-Dirceu+deixa+reuniao+do+PT+sob+gritos+de+bandido+nao.html

Pessoas hostilizaram José Dirceu na saída da reunião. Foto: Fernando Borges/Terra
Pessoas hostilizaram José Dirceu na saída da reunião
Foto: Fernando Borges/Terra


THIAGO TUFANO
Direto de São Paulo
 ex-ministro da Casa Civil José Dirceu foi hostilizado por um grupo de pessoas que aguardava sua saída da reunião do diretório nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), em São Paulo, por volta das 18h desta quarta-feira. Em coro, as pessoas gritavam "bandido não!" e cantavam "ô Dirceu, cadê você? Viemos aqui pra te prender". O ex-presidente do PT, José Genoino, também participou da reunião e saiu por volta das 17h30.
A reunião aconteceu para definir as diretrizes das campanhas pelas prefeituras onde haverá segundo turno. Na chegada de Dirceu ao diretório, por volta das 13h30, seu assessor disse que ele havia sido recebido com palmas pelas cerca de 100 pessoas que estavam no local.
Tanto Dirceu quanto Genoino foram condenados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no julgamento do mensalão .
Mais cedo, Dirceu disse que o partido agora tem que concentrar a sua atenção nas campanhas regionais. Ele afirmou que só estudará uma maneira de contrapor sua condenação por corrupção ativa no Supremo Tribunal Federal (STF) após o fim das eleições, que é a questão prioritária do momento.
Já Jose Genoino informou, antes da reunião, que irá deixar o governo. Ao ler uma carta para os companheiros, ele usou termos como "tirania da hipótese pré-estabelecida" e "acusação escabrosa" e disse estar indignado com a decisão da Corte. "Uma injustiça monumental foi cometida", afirmou ele, alegando que foi condenado sem provas e baseado no fato de ter sido presidente do PT.
O ex-presidente petista também criticou o fato do julgamento ter coincidido com as eleições e a "sistemática campanha de ódio contra o PT". "Como esperar um julgamento sereno, no momento em que juízes são pautados por comentaristas políticos?", questionou. "Retiro-me do governo com a consciência dos inocentes. Não me envergonho de nada. Continuarei a lutar com todas as minhas forças por um Brasil melhor, mais justo e soberano, como sempre fiz".
A condenação do ex-ministro José Dirceu pelo crime de corrupção ativa, nesta terça-feira, pelos ministros do STF, gerou grande repercussão no meio político nacional. Para o senador Alvaro Dias, líder do PSDB no Senado, a decisão da Corte gerou uma marca permanente para o partido de Dirceu. "O julgamento deixa uma marca inapagável na história do PT, com seus principais líderes condenados", disse.
Segundo ele, a condenação do ex-ministro deve forçar uma mudança no sistema político brasileiro. "Esse julgamento é um desafio, mais que um desafio, é uma convocação para que a classe política mude o comportamento, para que combata o sistema que deu origem ao mensalão", afirmou. Para o senador José Agripino (RN), presidente nacional do DEM, a decisão do STF "esclareceu as dúvidas" que o País tinha sobre o mensalão.



A Organização Criminosa tem mais um quadrilheiro condenado a prisão.
Chefe da Quadrilha

ZÉ DIRCEU




Lugar de quadrilheiro é na cadeia

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain