sexta-feira, 28 de setembro de 2012

#BOMBA! Obras da COPA começam a ser canceladas. RÚSSIA é a Solução.

O Brasil não tem condições de realizar um evento dessa magnitude. Com tanta roubalheira e superfaturamentos, muitas delas estão embargadas e esta agora que trazemos está sendo simplesmente CANCELADA. Talvez seria bom mesmo levar essa COPA para a Rússia que já preparou tudo para a COPA de 2018, pasmem!. (O Brasil evitaria jogar fora R$ 30 Bi e usar na Saúde, Educação e Segurança, áreas super carentes).
Estão cancelando o VLT que liga o Aeroporto de Brasilia ao Terminal da Asa Sul.

VLT - Veiculo leve sobre trilhos cabe 3 vezes mais que BRTs e não é poluente.

Para que os turistas e brasileiros não paguem fortunas do Aeroporto através de táxis, sugiro que façam como o EDUARDO PAES do Rio de Janeiro e instalem BRTs por toda a cidade. A ideia é levar essa ideia da década de 80 de ônibus poluentes de uma carroceria só, para este bonitão de duas carrocerias. É claro que embora os BRTs sejam bem poluentes, carérrimos e já estarem ultrapassados, podem resolver o problema rápidamente. Só trocar um ônibus velho por um novo que caiba o dobro de otários.

O Rio está quase assim. Acham que ônibus vai resolver o problema de milhões.
Estão trocando Ônibus comuns por Ônibus BRTs. Burrice ao quadrado.

Só espero que não comprem Metros e Trens da China para resolverem o problema pois além de custarem uma fortuna, vão chegar em Brasilia enferrujados e sem caber nas plataformas das estações, como aconteceu no RIO. Eduardo Paes e Sergio Cabral são especialistas em fazerem essas cagadas. Á unica cagada que não fizeram foi em não trazerem as gordas comissões da China para o Brasil.
Enquanto isso, o povo fica achando que vai ter a melhor COPA do mundo, ou do submundo?

Em Salvador também seguem a ideia burra de Eduardo Paes

Vejam a Matéria Divulgada pelo JORNAL do BRASIL:

Governo anuncia primeiro cancelamento de obra para Copa de 2014

O governo federal anunciou oficialmente nesta sexta-feira o primeiro cancelamento de uma obra para a Copa do Mundo de 2014. Foi publicado nesta manhã, no Diário Oficial da União, que a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) de Brasília não será mais realizada, por solicitação do governo do Distrito Federal.
O texto autoriza a revisão da Matriz  de Responsabilidades, documento que lista todas as medidas necessárias para a preparação do Brasil para o Mundial, com a exclusão da obra da Linha 1, Trecho 1, do VLT de Brasília (que ligaria o aeroporto ao terminal de ônibus da Asa Sul). A linha do VLT era umas das principais obras para a mobilidade urbana de Brasília, que receberá sete jogos da Copa do Mundo.
Com a retirada do VLT de Brasília da lista de obras, o custo da preparação do Brasil para o Mundial caiu. O valor dos projetos e das obras para a competição estava orçado em R$ 27,6 bilhões. Com a exclusão, passou para a quantia de R$ 27,3 bilhões. O valor consolida as ações previstas pelo governo federal em áreas como estádios, mobilidade urbana, portos, aeroportos, turismo e telecomunicações.
O Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha sediará sete partidas do Mundial de 2014, conforme a programação feita pela Fifa, incluindo um jogo das oitavas de final (em 30 de junho) e um das quartas de final (em 5 de julho). A partida que decidirá o terceiro e o quarto lugares também terá o Estádio Nacional como palco do jogo, do dia 12 de julho.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain