segunda-feira, 17 de setembro de 2012

#BOMBA! MARCOS VALÉRIO escondeu Vídeos BOMBÁSTICOS caso tentem MATÁ-LO.

IIIIHHHHHHH!!!!! Isso já é caso de Polícia. Marcos Valério deve estar se borrando de medo de amanhecer enforcado com sua própria gravata ou seu cinto. Afinal ele sabe de muita coisa podre no Reino da Dinamarca. Já gravou entrevista com a Revista VEJA divulgada AQUI, e agora mais essa de que guardou 3 cópias de Vídeos que podem explodir nas cabeças dos líderes dessas quadrilhas que estão desviando fortunas dos cofres públicos. 

LULA E MARISA, HOJE, ASSUSTADÉRRIMOS COM O ASSÉDIO DOS JORNALISTAS. O DEUS 
DE GARANHUNS E DE MARTA TAMBÉM, NÃO QUIS SABER DE FALAR DAS DECLARAÇÕES 
DE MARCOS VALÉRIO, DE MENSALÃO E ESCALOU ALIADOS PARA O TRABALHO 
ESPINHOSO.

A preocupação do Valério tem fundamento tanto pelas diversas condenações e as outras que ainda virão pelo STF, como o risco de vida por saber demais. Pra ele não caberá mais recurso e nem fiança. Será cadeia mesmo. Assim, o meliante se tornou um arquivo vivo e deve temer o mesmo destino que teve o Prefeito Celso Daniel do PT, que queria sair do esquema de corrupção e que acabou morto, junto com 7 testemunhas.

Nem Ministros do STF companheros conseguirão defende-los.

O Ideal é que a Policia entre no caso, que Marcos Valério participe da delação premiada e da proteção especial para testemunhas em perigo. Só assim poderá morrer em paz. Que certamente não será com a gravata, cinto ou cadarços, mas misteriosamente como o escritor, que bateu em José Dirceu, morreu conforme registrado AQUI:



Vejam as Matérias direto das Fontes::

VALÉRIO FEZ VÍDEO, ENCAMINHOU A PAULO OKAMOTTO,
 ASSESSOR ÍNTIMO DE LULA, E GUARDOU 3 CÓPIAS!
    
(Ricardo Noblat - Globo, 17) 1. Valério pagou caro pelo vídeo do qual fez quatro cópias, e apenas quatro. Guardou três em cofres de bancos. A quarta mandou para uma das estrelas do esquema do mensalão, réu do processo agora julgado pelo Supremo Tribunal Federal. Renilda, a mulher dele, sabe o que fazer com as três cópias. Se Valério for encontrado morto em circunstâncias suspeitas ou se ele desaparecer sem dar notícias durante 24 horas, Renilda sacará dos bancos as três cópias do vídeo e as remeterá aos jornais "O Estado de S. Paulo, Folha de S. Paulo" e "O Globo" (Sorry, "Veja"!).
   
2. O que Valério conta no vídeo seria capaz de derrubar o governo Lula se ele ainda existisse, atesta uma pessoa íntima da estrela do mensalão dona da quarta cópia. Na ausência de governo a ser deposto, o vídeo destruiria reputações aclamadas e jogaria uma tonelada de lama na imagem da Era Lula. Lama que petrifica rapidinho. A fina astúcia de Valério está no fato de ele ter encaminhado uma cópia do vídeo para quem mais se interessaria por seu conteúdo. Assim ficou provado que não blefava. Daí para frente, sempre que precisou de ajuda ou consolo, foi socorrido por um emissário do PT. Na edição mais recente da "Veja" Valério identifica o emissário: Paulo Okamotto.



A quarta cópia, por Ricardo Noblat

Dá-se a prudência como característica marcante dos mineiros.
Teria a ver, segundo os estudiosos, com a paisagem das cidadezinhas de horizonte limitado, os depósitos de ouro e de pedras preciosas explorados no passado até se esgotarem, e a cultura do segredo e da desconfiança daí decorrente.
Não foi a imprudência que afundou a vida de Marcos Valério. Foi Roberto Jefferson mesmo ao detonar o mensalão.
Uma vez convencido de que o futuro escapara definivamente ao seu controle, Valério cuidou de evitar que ele se tornasse trágico.
Pensou no risco de ser morto. Não foi morto outro arrecadador de recursos para o PT, o ex-prefeito Celso Daniel, de Santo André?
Pensou na situação de desamparo em que ficariam a mulher e dois filhos caso fosse obrigado a passar uma larga temporada na cadeia. E aí teve uma ideia

Além do STF iniciar o julgamento do núcleo 
político do mensalão, onde estão os principais beneficiários do roubo 
que, segundo Marcos Valério, não é de R$ 50 milhões, mas de R$ 350 
milhões, outros dois fatos vão agitar a semana: a publicação das fitas 
da entrevista que Marcos Valério concedeu à Veja, afirmando que Lula era
o chefe do Mensalão, e o Ministério Público abrindo investigação contra
o ex-presidente, que não tem mais foro privilegiado. 
http://coturnonoturno.blogspot.com.br/2012/09/uma-semana-e-tanto.html

Com o julgamento de José Dirceu e Delúbio 
Soares, a partir desta segunda, o ministro Ricardo Lewandowski deverá 
redobrar a dose de bolsa-Lexotan para aqueles que acompanham as sessões. http://www.claudiohumberto.com.br/principal/



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain