domingo, 19 de agosto de 2012

#Bomba! MINHA CASA MINHA VIDA, consome lucro do FGTS do TRABALHADOR.

O Governo na ânsia de ganhar popularidade e sempre mantendo a política de Fazer caridade com o dinheiro dos outros, está acabando com o lucro do FGTS dos trabalhadores. Isso porque só o Programa do Minha casa Minha vida, está gastando todo o rendimento e mais um pouco do principal. Como já falado AQUI, esse programa tem sido usado para pessoas de boa renda pois as casas vendidas processo são inacessíveis para a maioria da população.
Fazem a maior algazarra, ganham muitos votos, mas estima-se que apenas 5% da baixa renda já alcançaram sua casa própria através desse programa que deveria ser assistencialista aos pobres e não para a Classe média em diante. Ao que parece os pobres acabarão recebendo o Bolsa "Meu cadáver, Minha vida", para não deixarem de votar nesses crápulas.
Em relação aos Trabalhadores e seu FGTS, do jeito como andam as coisas, pela bolha imobiliária ter estourado, ações da Petrobrás onde eles investiram seu FGTS estar esmerdalhando, só mesmo o Meu cadáver Minha vida para lhes dar alento. Em relação aos Aposentados, não se preocupem. Eles já estão com o pé na COVA desde que o PT assumiu. 
Mas pensando bem, como esses sistema habitacional é mais um programa eleitoreiro lançado pelo PT e sua busca por essa tão famigerada popularidade, ultrapassa qualquer noção de covardia contra os pobres e os trabalhadores, que desejam ter sua casa própria. Para isso vale tudo, inclusive o uso abusivo de seu FGTS.
-Carlos Parrini-


Leiam mais na Fonte:
O GLOBO

Subsídios de R$ 6,5 bilhões ao Minha Casa, Minha vida já superam lucro anual do Fundo

BRASÍLIA O uso crescente dos recursos do FGTS pelo governo para fazer política habitacional já põe em risco o patrimônio líquido do Fundo, uma reserva importante que assegura o equilíbrio das contas e serve para cobrir despesas imprevistas. Neste ano, os subsídios destinados ao programa Minha Casa, Minha Vida já chegam a R$ 6,5 bilhões, superando o lucro líquido do Fundo apurado em 2011, de R$ 5,1 bilhões. Integrantes do Conselho Curador alertam que, nesse ritmo, a concessão de subsídios avançará sobre o patrimônio líquido do FGTS, atualmente em R$ 41 bilhões, já a partir de 2013.
O subsídio é um desconto concedido às famílias de baixa renda nos financiamentos habitacionais. O valor chega a R$ 23 mil para moradores de São Paulo e Brasília e, nas demais cidades, varia entre R$ 13 mil e R$ 17 mil. Esse dinheiro é repassado às famílias a fundo perdido e não retorna ao FGTS.
LEIAM mais AQUI


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain