domingo, 29 de julho de 2012

OS LIMITES DA IMPRENSA DURANTE AS ELEIÇOES 2012


Por Maria Augusta Ribeiro
Um  dos principais temas que permeiam o universo da comunica o nestas eleições  os novos limites impostos pelo TSE. Censura previa, pesquisas eleitorais e o excesso de normas que regulam todo o trabalho da imprensa, opinion makers  e profissionais do marketing pode engessar o trabalho  para  levar a informação ate o eleitor.
Para alguns profissionais  da comunicação as novas regras  inibem a criatividade dos profissionais da área e pode tornar as campanhas eleitorais menos atrativas para a população.
As diversas normas existentes e mais as novas pode atrapalhar o desempenho dos candidatos em debates eleitorais, já que serão obrigados a observar com mais cuidado o que podem ou não fazer e falar para não ferir a lei.
Para o advento das campanhas online as regras ainda não são totalmente claras e para muitas situações  não existe previsão legal , deixando a cargo dos juízes a tarefa de se posicionar aa favor ou contra uma demanda sem o ajuste da lei, gerando assim prejuízos aos candidatos e suas caras campanhas eleitorais.
Causando limitações na divulgação de pesquisas eleitorais as novas regras dificultam também o trabalho dos opinion makers e  tiram a credibilidade de instituições como o IBOPE caso ele tenha que desfazer uma pesquisa a pedido da justiça.
A batalha entre a justiça e a imprensa ainda tem muito o que amadurecer, como também muito conteúdo a ser debatido para assim estabelecer melhores parâmetros para as novidades do mercado de comunicação não conflitem com a justiça estabelecendo assim onde começa o direito e um e termina o direito do outro.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain