quinta-feira, 12 de abril de 2012

#BOMBA! Justiça aprova ABORTO para deficientes. Faltou a PENA de MORTE.

Bom, se a Justiça autorizou os assassinatos de crianças indefesas através do ABORTO, por que ainda não autorizou a PENA de MORTE para Bandidos que matam e Políticos que roubam? Não existe diferença, uns matam com armas letais, outros matam sendo omissos e desviando dinheiro público que poderiam estar salvando vidas nos hospitais, estradas e em obras de infraestrutura e outros matam simplesmente por capricho, para não prejudicar a saúde da mãe.
Daí eu vos pergunto: Qual é a melhor forma de morrer? Por armas, venenos ou por aborto? Dá para voce decidir isso? No entanto, Juristas e Movimentos abortistas acabaram de decidir: Podem matar, primeiro os  deficientes intra-uterinos, depois os inocentes pós-uterinos. Mas não matem os bandidos assassinos e nem os políticos que contribuem para a morte de inocentes.
Se é para matar, que matem a todos. Quem merece e quem não merece!
O Quinto MANDAMENTO diz: NÃO MATARÁS.
DEUS deu a VIDA e só ele pode tirá-la.
Com essa aprovação, os assassinos de fetos devem estar vibrando de alegria, principalmente Ministras Governistas que são a favor do PNDH-3 e dos abortos com requintes de crueldade como é o caso do ABORTO por SUCÇÃO. Na realidade são COVARDES e HIPÓCRITAS. Defendem os Direitos Humanos de Bandidos, Animais e vegetais, mas não defendem quem não pode se defender por ainda nem terem nascido.

Que DEUS tenha piedade deles e de nós que estamos nas mãos deles.

Curtam a matéria conforme divulgada pelo G1:


Com 5 votos a favor, STF suspende julgamento de aborto de anencéfalos

Dos 6 que votaram, somente 1 foi contra liberar aborto de feto sem cérebro.
Julgamento será retomado nesta quinta; 4 ministros ainda precisam votar.


O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu nesta quarta-feira (11) o julgamento de ação que pede a liberação do aborto de feto sem cérebro após o voto de seis ministros. Cinco votaram a favor da liberação - Marco Aurélio Mello, Rosa Weber, Joaquim Barbosa, Luiz Fux e Cármen Lúcia. Apenas Ricardo Lewandowski foi contra - veja como votou cada ministro.
Faltam ainda os votos dos ministros Ayres Britto, Gilmar Mendes, Celso de Mello e do presidente do STF, ministro Cezar Peluso. O ministro Dias Toffoli se declarou impedido de votar porque, quando era advogado-geral da União, se manifestou publicamente a favor da liberação.
O julgamento será retomado na tarde desta quinta-feira (12), às 14h, segundo o presidente do Supremo. A interrupção ocorreu porque parte dos ministros precisava participar de sessão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nesta quarta.
Ministros do Supremo durante julgamento sobre aborto de feto sem cérebro (Foto: Carlos Humberto / SCO / STF)Ministros do Supremo durante julgamento sobre aborto de feto sem cérebro (Foto: Carlos Humberto / SCO / STF)


O plenário do STF iniciou nesta quarta a análise da ação proposta em 2004 pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Saúde, pedindo que o Supremo permita, em caso de anencefalia, que a mulher possa escolher interromper a gravidez. De acordo com o Código Penal, o aborto é crime em todos os casos, exceto se houver estupro ou risco de morte da mãe.

Os pais de uma criança de 2 anos, que teve anencefalia (ausência de cérebro) diagnosticada durante a gravidez, acompanharam, com a filha, o julgamento nesta quarta.
Apesar do diagnóstico de anencefalia, Vitória nasceu com um resquício de cérebro e couro cabeludo (acrania), conforme especialistas ouvidos pelo G1. Eles informaram que trata-se de uma "sobrevida vegetativa" e a mãe poderia ter pedido a interrupção da gravidez por conta do diagnóstico.
"Ela é uma criança com deficiência neurológica e precisa de estimulação, porém ela não é um vegetal, não é uma coisa. Ela é um ser humano com sentimentos", disse a mãe.
Manifestantes contrários ao aborto de anencéfalos diante da sede do STF, em Brasília (Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil)Manifestantes contrários ao aborto de anencéfalos diante da sede do STF, em Brasília (Foto: Antonio Cruz / Agência Brasil)




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain