domingo, 26 de fevereiro de 2012

Governo de depravados diz que quer diminuir as DST. Incentivando a promiscuidade?

Amigos, faco questao de postar o comentario do meu amigo Sicario que vem ao encontro de tudo aquiilo que penso a respeito desse governo de depravados que descobriram uma maneira de fazer tudo que e infamia e mudaram a mentalidde do povo brasileiro e o pior sem nenhuma barreira, sem nenhuma punicao por parte daqueles que deviam zelar pela orde, estabilidade e paz no nosso querido Brasil

sicáriodisse...
Teresa... Dentro desta campanha pró aborto ou a favor do não nascimento, podemos também enquadrar o apoio à diversidade sexual uma vez que "casais" de homossexuais masculinos e femininos, não geram filhos. Numa época onde os métodos contraceptivos são muitos, falar sobre aborto e defendê-lo deveria ser criminalizado mais do que nunca e não santificado como querem certas "mulheres" cuja cara e aparência faz parecer que nasceram por sucção. O incentivo à prática sexual é diário; vemos em jornais, revistas, novelas (em todos os horários), programas de humor pois sempre temos mulheres com roupas diminutas ou jargões com duplo sentido, cenas de sexo, etc... A tão cantada sensualidade do brasileiro não existe, o que existe é a propaganda massiva de um liberalismo que não chega à prostituição por não haver valores envolvidos. O carnaval ( com propaganda governamental no exterior) passou e muitos turistas vieram vivenciar a maior festa da terra: o carnaval de mulheres nuas, semi-nuas com "bailes" para todas as preferências sexuais. Não sou puritano e passo bem longe disto mas um governo que diz pretender diminuir casos de doenças sexualmente transmissíveis, entre elas a AIDS, ser a favor do aborto, estimular a prática sexual fornecendo camisinhas, é de uma estupidez e má intenção gritantes. Se o governo quadrilheiro valorizasse A FAMILIA, incentivaria o sexo consciente e não o aborto. abs. Sicário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Se não Compartilhar, poucos saberão!!!




Curta, comente e compartilhe no FaceBook e apareça aqui:

Ratings and Recommendations by outbrain